Todo início de ano, estudantes do país inteiro voltam às aulas com materiais escolares novos. São milhares de lápis, canetas, borrachas e lapiseiras substituindo aqueles que não têm mais como serem usados e anualmente são jogados no lixo, indo parar em aterros e lixões. Preocupada com a destinação correta dos resíduos de instrumentos de escrita, a Faber-Castell, em parceria com a Terracycle, está lançando a promoção “Faxina nos Armários”.

Participar é fácil: basta algum responsável pela escola cadastrá-la na Brigada de Instrumentos de Escrita Faber-Castell no site da TerraCycle. Os alunos e professores devem juntar os materiais de escrita e levá-los para as suas escolas no início do ano letivo.

Podem ser enviados todos os instrumentos de escrita como lápis, lápis de cor, lapiseiras, canetas, canetinhas, borrachas, apontadores, destaca texto, marcadores permanentes e marcadores para quadro branco que não funcionam ou estejam quebrados. A escola que arrecadar mais resíduos ganha produtos upcycled e um prêmio oferecido pela Faber-Castell. O resultado final será divulgado em 15 de abril de 2013.

 Além de colaborar com a redução de lixo através da reciclagem, o participante do programa “Faxina nos Armários”, ou dos times de coleta de Instrumentos de Escrita Faber-Castell junta pontos, que são revertidos em uma doação em dinheiro para as próprias escolas ou entidades sem fins lucrativas escolhidas pelos times.

 As Brigadas

 Qualquer pessoa pode montar um time de coleta de instrumentos de escrita para serem reciclados. Basta se cadastrar gratuitamente no site TerraCycle, juntar os resíduos de qualquer marca e enviar sem custo pelo correio. Quem se cadastra pode formar um time de coleta com outras pessoas em casa, na empresa, na escola ou com um grupo de amigos. Para cada 12g de produtos enviados, são doados R$0,02 para uma escola ou organização sem fins lucrativos, escolhida pelo próprio time de coleta.

Além de ser um programa gratuito de reciclagem, as brigadas são uma excelente oportunidade para arrecadar fundos para as escolas, incentivar a coleta de resíduos é uma ótima oportunidade de inserir a educação ambiental na sala de aula. No site www.terracycle.com.br e nas redes sociais, os professores podem encontrar o passo-a-passo de objetos feitos a partir daquilo que viraria lixo. 

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.