Energia eólica vai abastecer sede do Google

Há cerca de duas semanas, a gigante de buscas anunciou que vai comprar energia renovável de Altamont Pass, localizada na Califórnia (EUA), região que possui uma das maiores concentrações de turbinas eólicas do mundo.

O objetivo é tornar a sede da companhia, em Mountain View, também situada na Califórnia, mais sustentável energeticamente. Para isso, firmou um contrato com a empresa NextEra Energy. Segundo o Wired, o acordo é de 20 anos e proporcionará uma carga de 43 megawatts de eletricidade.

A empresa hoje afirma que já opera com 35% de energia renovável em todo o mundo. Só em abril de 2014 foi anunciado o acréscimo de 407 (MW) de energia eólica em seus data centers. A intenção agora é que até 2016, pelo menos 50% da energia de Altamont Pass seja suficiente para abastecer a sede.

O Google já investe em múltiplos projetos de energia eólica e solar. Há cerca de seis meses, por exemplo, a empresa lançou um desafio: dar um milhão de dólares a quem fizesse um projeto que facilitasse o uso doméstico de energia alternativa. Os inscritos vão defender suas ideias no segundo semestre deste ano.

“Desde o nosso primeiro investimento eólica em 2010 desenvolvemos estreitas relações com os fornecedores de energia renováveis, nos ajudando a garantir acordos como este para o nosso campus e datas centers”, afirma o blog oficial da companhia. 

Redação CicloVivo