embalagens plástico frutas vegetais
Foto: Damla Ozkan Psy | Unsplash
- Publicidade -

A natureza embala naturalmente as frutas e vegetais em cascas que protegem a polpa. E esta embalagem é maravilhosa: além de preservar o sabor, umidade e nutrientes, as cascas podem ser reaproveitadas de muitas maneiras e, quando não são reaproveitadas, se decompõe e podem se transformar em nutrientes para o solo, que vai produzir mais alimento. Mas, muitas frutas e vegetais ganham embalagens plásticas nas prateleiras de mercados.

Defensores desta prática argumentam que as embalagens artificiais ajudam a preservar as frutas e vegetais. Mas, depois de 18 meses de estudos, a ONG inglesa WRAP (sigla para Programa de Ação de Resíduos e Recursos) descobriu que embalagens plásticas e datas de validade em frutas e vegetais inteiros e frescos aumentam o desperdício de alimentos.

embalagem de plástico frutas e vegetais
Foto: Maria Lin Kim | Unsplash

O estudo também descobriu que embrulhar os produtos em plástico não aumenta sua vida útil e a embalagem geralmente força os compradores a comprar mais do que o necessário, o que gera mais desperdício. A recomendação após o estudo, é que frutas e vegetais sejam vendidos sem embalagens plásticas e sem data de validade.

- Publicidade -

“Embora a embalagem seja importante e muitas vezes desempenhe um papel crítico para proteger os alimentos, provamos que as embalagens plásticas não prolongam necessariamente a vida útil dos produtos frescos não cortados”, disse o CEO da WRAP, Marcus Gover,  em entrevista ao jornal The Independent. “Isso pode, de fato, aumentar o desperdício de alimentos neste caso. Mostramos o enorme potencial de evitar que bons alimentos sejam jogados fora removendo os rótulos de data.”

Impacto do desperdício

Cerca de um terço das emissões de gases de efeito estufa no Reino Unido estão ligados a alimentos e bebidas. Pelos cálculos dos pesquisadores, a cada ano mais de 10 mil toneladas de plástico e 100 mil toneladas de alimentos são desperdiçadas, devido a embalagens plásticas e prazos de validade. Isso equivale a 14 milhões de cestas de compras de alimentos.

Quando se trata da quantidade de alimentos desperdiçados, a embalagem não foi considerada tão importante quanto as pessoas poderem comprar a quantidade correta de alimentos para eles e o armazenamento dos alimentos que compraram. Mas, remoção das embalagens e rótulos interromperia a circulação de 1.100 caminhões de lixo de plástico.

plastico frutas vegetais espanha
Foto: Oren Elbaz | Unsplash

Durante o estudo, brócolis, batatas, maçãs, bananas e pepinos foram armazenados em diferentes temperaturas, com e sem embalagens plásticas.

A conclusão é que armazenar os alimentos em geladeiras a menos de 5°C aumenta a vida útil do produto em semanas e, no caso das maças, até em meses. “Descobrimos que, para a maioria dos itens, a embalagem plástica em que eram vendidos fazia pouca ou nenhuma diferença em sua vida útil.”

A WRAP planeja conversar com agências governamentais e com a indústria alimentícia sobre a venda de frutas e vegetais soltos nas lojas.

“Precisamos que os varejistas sigam nossas recomendações para que possamos alcançar um progresso real no combate ao desperdício de alimentos e à poluição plástica. Isso ajuda a economizar dinheiro para o planeta e para nós ao mesmo tempo – uma verdadeira vitória para todos”, reforça Gover.

plástico embalagem frutas vegetais
Foto: Nrd | Unsplash

LEIAM MAIS:

- Publicidade -