- Publicidade -

Em 5 de junho, quando se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, a Câmara Municipal de São Paulo organiza uma campanha de arrecadação de Lixo Eletrônico, das 9h às 17h. O objetivo é coletar equipamentos velhos e fora de uso, encaminhando-os para reciclagem. A iniciativa, proposta pelo vereador Gilberto Natalini (PV-SP), conta com o apoio da ABRELPE – Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais e da SILCON Ambiental.

Essa campanha de arrecadação e encaminhamento de lixo eletrônico para reciclagem adapta e, põe em prática, a teoria discursada por pessoas que defendem a responsabilidade social. Quando se trata de ideias referentes à melhoria do espaço comum, diversas propostas surgem, mas poucas são de fato realizadas.

O lixo eletrônico é um assunto emblemático e que se encaixa bem neste exemplo. O uso indevido desses equipamentos e seu incorreto descarte podem ser extremamente maléficos para o meio ambiente – informação muitas vezes desconhecida pelos usuários. Estes materiais quando em contato com o solo podem contaminar o lençol freático; e se queimados liberam graves toxinas.

- Publicidade -

Para participar, primeiramente, os cidadãos devem estar atentos e cientes do que poderá ou não ser descartado. Aparelhos celulares, baterias, computadores, televisões, CDs, são exemplos do que deve ser encaminhado à reciclagem. Já utensílios como lâmpadas não serão aceitos.

As informações quanto ao cuidado que se deve ter com estes aparelhos é desconhecida por muitos. No entanto, há quem saiba desses malefícios e ainda assim adote uma atitude passiva quanto ao problema. A iniciativa somente terá resultado se a sociedade apoiar a causa e tomar nota de suas responsabilidades frente ao meio ambiente.

A campanha de arrecadação acontece na Câmara Municipal de São Paulo, localizada no Viaduto Jacareí, 100, no Centro de São Paulo. A ação ocorre das 9h às 17h. 

- Publicidade -