Mais uma vez, jovens estão nas ruas de mais de 1,4 mil cidades espalhadas em 114 países para protestar contra a falta de ação dos governos em todo o mundo contra a mudança do clima e por um futuro digno para as próximas gerações. O movimento Fridays for Future (Sextas pelo Futuro, em inglês) realiza a 2ª greve climática global nesta sexta-feira (24/5), com o objetivo de chamar a atenção de autoridades públicas e da iniciativa privada para a importância de ação efetiva e imediata para conter os efeitos mais negativos da mudança do clima sobre as populações mais vulneráveis – como os mais jovens, que serão forçados a viver em um planeta sob pressão e com clima instável.

O Brasil também será palco de manifestações da greve climática global. Estão previstas ações em 25 cidades do país ao longo desta sexta-feira, como Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife e Porto Alegre, entre outras. No RJ, a manifestação acontecerá à partir das 10h da manhã em frente à Assembleia Legislativa (Alerj), de onde o grupo se encaminhará até o escritório do Ibama na cidade para entregar uma carta ao ministro do meio ambiente Ricardo Salles. Essa carta também será protocolada no Palácio do Planalto, em Brasília, para ser encaminhada ao Presidente da República Jair Bolsonaro.

Escrita como se viesse do ano de 2050, essa carta é assinada por um grupo de jovens que se coloca como “futuros ministros do meio ambiente” – uma alusão à carta apresentada no começo deste mês por oito ex-ministros do meio ambiente do Brasil contra os retrocessos patrocinados pelo governo Bolsonaro na governança ambiental brasileira e na posição do país nas negociações internacionais sobre mudança do clima.

“Rogamos que não aja como se a crise climática, ecológica e ambiental não estivesse acontecendo, Sr. Presidente. Ela está acontecendo, quer acredite ou não. As evidências estão postas, e isso é maior do que quaisquer posições políticas”, diz o grupo na carta. “O tempo está se esgotando e as nossas possibilidades de evitar que o futuro de onde lhe escrevemos se concretize, também”.

O movimento global é liderado pela jovem sueca Greta Thunberg, que vem empreendendo ações semanais de mobilização estudantil em diversos países europeus em prol de mais ação climática. As greves globais fazem parte de um calendário de ações até setembro, quando acontecerá em Nova York a Cúpula de Chefes de Estado e de Governo sobre Clima, convocada pelo secretário-geral das Nações Unidas António Guterres.

De acordo com o Fridays for Future, o maior número de cidades participantes na greve será na Alemanha (215), seguida por Estados Unidos (159), Reino Unido (141) e Suécia (116). Na 1ª greve global, realizada no dia 15 de março, mais de 1,4 milhão de jovens participaram de manifestações pelo clima em todo o mundo.

Abaixo, segue uma relação com algumas das cidades brasileiras com ações programadas para esta sexta-feira.

Aracajú (SE)

Onde: Prefeitura Municipal – Rua Frei Luís Canelo de Noronha, nº 42, Conj. Costa e Silva

Quando: a partir das 09h

Mais informações: Amanda Santos – [email protected]

Belo Horizonte (MG)

Onde: UniBH Buritis – Av. Prof. Mário Werneck, 1685, Buritis

Quando: das 20h às 21h

Mais informações: Marco Túlio Silva Ribeiro – [email protected]

Brasília (DF)

Onde: Praça dos Três Poderes

Quando: a partir das 16h

Mais informações: Thiago Ávila – [email protected]

Curitiba (PR)

Onde: Boca Maldita – Av. Luiz Xavier, 68

Quando: das 14h às 16h

Mais informações: Daniela Borges – [email protected]

Feira de Santana (BA)

Onde: Câmara Municipal – Av. Visconde do Rio Branco, 112, Centro

Quando: das 14h às 16h

Mais informações: Bruno Zilbeti Berilli – [email protected]

Fortaleza (CE)

Onde: Assembleia Legislativa – Av. Desembargador Moreira, 2807, Dionísio Torres

Quando: a partir das 08h

Mais informações: https://www.facebook.com/sextaspelofuturo/?eid

Porto Alegre (RS)

Onde: Praça Marechal Deodoro, 101 (em frente à Assembleia Legislativa)

Quando: das 09h às 12h

Mais informações: https://www.facebook.com/fridaysforfutureRS/

Recife (PE)

Onde: Praça do Derby

Quando: das 10h às 13h

Mais informações: Camila Medeiros – [email protected]

Rio de Janeiro (RJ)

Onde: Assembleia Legislativa – Praça XV, Centro

Quando: a partir das 10h

Mais informações: Nayara – [email protected]