Parque Cientec
Instalação sobre o Sistema Solar. Foto: Marcos Santos | USP Imagens
- Publicidade -

O Parque de Ciência e Tecnologia (Cientec) da USP reabriu ao público no mês de novembro passado. O local é uma das alternativas gratuitas na cidade de São Paulo que oferece ao público lazer e conhecimento. Localizado no bairro Água Funda, possui atividades que envolvem ciência, tecnologia e meio ambiente.

Desde o dia 10 de janeiro, por causa da necessidade de distanciamento social, o parque vem oferecendo um passeio autoguiado com qr-codes. A ferramenta permite que o visitante aponte o celular para um código e receba informações sobre a atividade, local ou trilha. Isso gera um roteiro para o visitante seguir e se informar.

O Cientec ainda disponibilizou redes sem fio para acesso à internet nas áreas externas do parque.

- Publicidade -

As visitas estão liberadas nas atrações externas, porém os ambientes fechados ainda não estão disponíveis, como é o caso do planetário. As atividades abertas são:

  • Alameda do Sistema Solar: instalação ao ar livre que oferece uma representação artística do Sol, planetas e satélites e contém informações científicas selecionadas sobre cada um destes corpos celestes
  • Jardim da Física: apresenta princípios de física a partir de equipamentos interativos, operados pelos visitantes e acompanhados pelos mediadores do parque. Há, por exemplo, um giroscópio humano, uma concha acústica e uma esfera de granito.
  • Meteorologia: mostra ao público a estação meteorológica mais antiga em atividade no Estado de São Paulo, onde os visitantes entram em contato com a meteorologia e conhecem um importante acervo de equipamento e registros históricos.
  • Espaço Geofísica: permite conhecer a estrutura interna do nosso planeta, terremotos, vulcões, descobrir como os continentes se deslocam e muitas outras histórias.
  • Trilha do Lago: é um trajeto pequeno em distância, mas enorme em termos de sensibilização sobre a importância de espaços de conservação ambiental. A atividade proporciona aos visitantes o contato com o ecossistema da Mata Atlântica e a contemplação de algumas espécies nativas da flora e da fauna. Para o passeio é necessário calçado fechado e calça e também é sugerido levar água e protetor solar.
Entrada da trilha Fontes do Ipiranga no Parque Cientec. Foto: Divulgação | Cientec

O parque também abriga a maior área de preservação da Mata Atlântica da região metropolitana de São Paulo, incluindo a nascente do riacho Ipiranga, famoso por ser o lugar da Proclamação da Independência do Brasil.

Passeio sobre abelhas no Cientec

No dia 6 de fevereiro, das 8h às 13h, o Cientec promove o projeto “Tem Abelha No Meu Jardim”. A atividade prática com abelhas nativas sem ferrão envolve passeio pelo parque conhecendo ninhos naturais, visita ao meliponário, bate papo sobre abelhas e trilha. Saiba mais neste link.

Meliponário do Parque Cientec. Foto: Divulgação | Cientec

A entrada no Parque Cientec é gratuita e os visitantes devem seguir os protocolos sanitários: apresentação de comprovante de vacinação e documento com foto para maiores de 18 anos e uso obrigatório de máscara durante toda a permanência no espaço do parque. Também é recomendado o distanciamento social e a utilização de álcool em gel para higienização das mãos.

Uma prévia sobre o parque você pode conhecer no vídeo abaixo:

O Parque Cientec da USP fica na Avenida Miguel Estefano 4200, em frente ao zoológico de SP.

Horário de funcionamento das 9h às 17h, de segunda a sábado (e alguns domingos).

Leia também:

- Publicidade -