O desperdício de alimentos é um dos grandes vilões do meio ambiente e impressiona pelos números: por ano, cada brasileiro desperdiça mais de 41 quilos de alimentos. De acordo com a FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura), a cada ano, os alimentos produzidos no mundo e que não são consumidos causam um gasto de água equivalente à vazão do rio mais longo da Europa, sendo responsável por gerar 3,3 bilhões de gases de efeito estufa na atmosfera. Diante desses dados, o Grupo Cataratas — concessionária de turismo sustentável — sugere uma reflexão durante a Semana Mundial do Meio Ambiente, para que os visitantes das atrações turísticas adotem novos hábitos de consumo que impactem menos no meio ambiente.

Uma das atrações geridas pela empresa, o Centro de Visitantes Paineiras, realizará uma oficina gratuita de aproveitamento integral de alimentos. Comandada pela bióloga Danielle Souza, do projeto Favela Orgânica, a ação acontece no dia 6 de junho, a partir das 10h. Na ocasião, será mostrado como aproveitar integralmente os alimentos, já que cascas, caules, talos, folhas, ramas e sementes podem ser transformadas em deliciosas e nutrientes receitas e também utilizáveis no processo de compostagem, que ajuda a ter legumes, verduras de melhor qualidade.

“O Brasil é um dos dez países que mais desperdiçam alimentos no mundo, segundo a ONU. Por isso, precisamos mudar essa cultura do desperdício, mostrar às pessoas que a cultura da sustentabilidade impacta não só no meio ambiente, como também na saúde e no trabalho”, diz Fernando Sousa, diretor Institucional e de Sustentabilidade do Grupo Cataratas.

Oficina de aproveitamento integral dos alimentos

Quando: Quinta-feira, 6 de junho de 2019 

Horário: 10h

Local: Centro de Visitantes Paineiras