O mês da Mata Atlântica chegou e para celebrar a data a Fundação SOS Mata Atlântica realizará o Viva a Mata de um jeito diferente. Em 2019, as pessoas poderão participar de atividades gratuitas durante todo o mês de maio, finalizando no Dia da Mata Atlântica (27/05). O objetivo do evento será debater a importância da floresta para a conservação da biodiversidade, para o desenvolvimento socioeconômico do país e à saúde e bem-estar da população.

Ao participar do Viva a Mata, o público poderá saber um pouco mais sobre a importância e benefícios do contato com a natureza. As atividades demonstrarão como a Mata Atlântica está presente na vida das pessoas e de que forma todos podem se relacionar melhor com o meio ambiente.

“Queremos que as pessoas conheçam como a natureza afeta diretamente sua saúde e bem-estar. Quem sabe assim nossa sociedade possa valorizar e agir mais em prol da conservação ambiental e abraçar a nossa causa“, afirma Marcia Hirota, diretora-executiva da Fundação SOS Mata Atlântica.

Além de participar de atividades de voluntariado no Centro de Experimentos Florestais SOS Mata Atlântica – HEINEKEN Brasil (18/05), em Itu, o público também poderá conhecer parques municipais naturais da cidade de São Paulo – o Itaim, na zona sul, e o Fazenda do Carmo, na zona leste, no dia 26 (domingo).

Além do voluntariado em parques, também fazem parte da programação paineis, oficinas e palestras sobre água, cidades, gênero, ocupação do solo no Brasil, política e saúde. No painel Saúde e Mata Atlântica (14/05), especialistas falarão sobre os benefícios gerados pela proteção e uso das florestas – como passar um tempo em áreas verdes é fundamental para reduzir o estresse, a pressão arterial e aumentar a imunidade das pessoas.

Já no evento O protagonismo feminino na Mata Atlântica (14/05), mulheres contarão suas trajetórias na área socioambiental, evidenciando como elas fazem a diferença para o futuro da sociedade e do planeta. Quem também contará sua história serão alguns voluntários de São Paulo participantes do projeto Observando os Rios. Com os Diálogos pela Água – O Que Eu Faço Pelos Rios? (27/05), eles falarão das atividades que desempenham em suas comunidades. Dois dias antes (25 e 26/05), os voluntários das outras regiões do País realizarão ações e análise da qualidade da água em vários rios brasileiros.

No Dia da Mata Atlântica (27/05), a Fundação SOS Mata Atlântica pretende elucidar um tema motivo de polêmica entre profissionais da área socioambiental e do agronegócio. Com o evento Mitos e verdades sobre a ocupação do solo no Brasil, especialistas falarão sobre a ocupação do solo no Brasil, abordando a visão global e nacional para o tema, além do papel da Mata Atlântica nos compromissos internacionais de restauração florestal.

O evento ainda contará com uma palestra sobre cidades e Mata Atlântica (15/05) e uma oficina sobre advocacy (27/05), que pretende auxiliar e fortalecer organizações e ativistas do movimento ambientalista para atuação no atual contexto nacional.

Veja abaixo a programação completa e clique aqui para saber mais sobre cada uma delas e para se inscrever.

O Viva a Mata 2019 conta com o apoio de Bradesco Cartões, Colégio Dante Alighieri, Latam, Unibes Cultural e das secretarias Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente e Municipal do Verde e do Meio Ambiente.

Programação 

14 de maio – Saúde e Mata Atlântica – Unibes Cultural (SP)
14 de maio – O protagonismo feminino na Mata Atlântica – Unibes Cultural (SP)
15 de maio – Governança local na Mata Atlântica – Unibes Cultural (SP)
18 de maio – Seja voluntário no mês de Mata Atlântica – Centro de Experimentos Florestais SOS Mata Atlântica – HEINEKEN Brasil (Itu)
25 e 26 de maio – Ação nacional pela água
26 de maio – Descubra a Mata Atlântica de São Paulo – Parque Natural Municipal Fazenda do Carmo (SP)
26 de maio – Descubra a Mata Atlântica de São Paulo – Parque Natural Municipal Itaim (SP)
27 de maio – Advocacy: estratégias na formulação de políticas públicas – Unibes Cultural (SP)
27 de maio – Mitos e Verdades Sobre a Ocupação do Solo no Brasil – Unibes Cultural (SP)
27 de maio – Diálogos pela Água – O Que Eu Faço Pelos Rios? – Unibes Cultural (SP)