Brasil Eco Fashion
Natural Cotton Color | Crédito: Marcelo Soubhia / Agência Fotosite (@agfotosite)
- Publicidade -

Nesta quarta-feira (30), o Brasil Eco Fashion Week volta a promover uma série de quatro painéis marcando assim o encerramento do período de inscrições de marcas para o BEFW 2021. A exibição da inédita programação acontece mais uma vez de forma online e gratuita no canal Brasil Eco Fashion Week do YouTube e no site do evento.

Para essa agenda, o BEFW recebe convidados nacionais do segmento de moda ética e responsável para conversas sobre iniciativas adotadas como ferramentas na produção e favorecimento da moda mais sustentável, como a produção sob demanda, iniciativas para minimizar o impacto negativo na cadeia produtiva varejista e sobre modelo de plantio e cultivo agrícola agroflorestal de plantas têxteis e tintórias. Além de contar com a participação internacional da pesquisadora sueca Mathilda Tham, professora de design da Linnaeus University Sweden e professora afiliada à Goldsmiths University of London, que dá detalhes sobre o “Earth Logic – Plano de Pesquisa-Ação para a Moda”.

- Publicidade -

Desenvolvido pela acadêmica pesquisadora-ativista em parceria com a pesquisadora, consultora e ativista de design, a britânica Kate Fletcher, o documento inovador Earth Logic tem sido adotado por universidades e empresas na Europa e agora está também disponível para download em português. O material traz ao Brasil uma proposta incentivadora de educação para valores na Moda propondo a troca da lógica do crescimento econômico pela lógica da terra.

O painel “Plano Earth Logic em Português: Do Conceito à Aplicação”, com mediação da jornalista Gabriela Machado, acontece em inglês com legendas em português, às 18h, e encerra o ciclo de quatro painéis promovidos na ocasião pelo BEFW.

Leandro Castro | Crédito: Marcelo Soubhia / Agência Fotosite (@agfotosite)

Impacto da indústria de moda

A indústria da moda figura a lista dos setores mais poluentes do mundo. Segundo a Aliança da Moda Sustentável da ONU, é responsável por contribuir para cerca de 8% a 10% das emissões de gases estufas. É também o 2ª setor da economia que mais consome água, segundo a Global Fashion Agenda (1,5 trilhão de litros por ano). E de acordo com a Fundação Ellen McArthur, 73% dos resíduos têxteis produzidos em escala global, são queimados ou enterrados em aterros sanitários e apenas cerca de 12% são destinados para reciclagem. E esses dados representam apenas três exemplos de seu estrondoso impacto ao meio ambiente.

Iniciativas para a construção do futuro

A programação de encerramento do período de inscrições para a 5ª edição do Brasil Eco Fashion Week, que acontece no próximo semestre, traz também convidados parceiros de outras edições para conversas sobre a inovação em processos para a indústria de moda da perspectiva da produção sob demanda, iniciativas do selo Re da varejista Renner e modelo agrícola agroflorestal para plantio e cultivo de plantas têxteis e tintórias.

A agenda dos painéis de conversa tem início às 11h, com o painel “Moda Consciente e sob Demanda”. Diretora criativa do BEFW, Ana Sudano fará a mediação do bate-papo que contará com Pedro Ruffier, empreendedor fundador da Infinitu X, empresa que tem em seu portfólio a marca Movin; Agustina Comas diretora da C(+)MAS, marca de moda upcycling, e Camila Monteiro, ativista de moda ética e vegana, fundadora da Camon que tem como meta a produção lixo zero.

Brasil eco fashion
Aurora | Crédito: Marcelo Soubhia / Agência Fotosite (@agfotosite)

Neste encontro, os convidados conversam sobre suas estratégias, desafios e potenciais da moda produzida sob demanda, um formato aliado do que vem ganhando espaço em um mercado que busca com urgência a sustentabilidade na gestão de estoques. Segundo a consultoria americana McKinsey, a produção “just-in-time”, com ciclos curtos de pré-venda e em menores lotes, será “a nova norma”, atraindo cada vez mais empresas ao formato.

Às 14h acontece o painel “Selo Re 3 Anos: Jornada e Olhar de Futuro”. Os convidados Eduardo Ferlauto, gerente geral de Sustentabilidade da Renner e Ana Cecília Anselmi, gerente de Estilo da Renner contam detalhes sobre o selo Re, que comemora três anos de existência e vem promovendo ações e esforços para minimizar os impactos negativos na produção de moda envolvendo logística, fornecedores, matérias-primas, produtos e lojas da empresa em busca de atributos sustentáveis.

Roberta Negrini, fundadora do projeto parceiro da varejista, Movimento Eu Visto o Bem, também participa do bate-papo mediado por Rafael Morais, diretor executivo do BEFW. O Movimento atua desde 2016 na ressocialização de detentas e ex-detentas do Sistema Prisional de São Paulo por meio da costura, e aposta na produção de moda pautada pela meta lixo zero.

Já às 16h, a estilista Flávia Aranha, da marca de roupas orgânicas de mesmo nome, a designer e pesquisadora Larissa Duarte, da startup Jurema e a agroecóloga Liege Camila Veras, da fazenda Balaiar participam do painel “Projeto Anileiras: Cultivo e Beneficiamento de Índigo Agroflorestal no Brasil”, mediado por Gabriela Machado, curadora de conteúdo do BEFW.

As convidadas farão um mergulho no projeto de pesquisa e desenvolvimento no país, para o plantio de modelo agrícola agroflorestal que inclui a anileira, planta geradora do corante índigo, e outras espécies de plantas têxteis e tintórias.

E para encerrar o ciclo de painéis, às 18h, Gabriela Machado conversa com a sueca Mathilda Tham, professora de design da Linnaeus University Sweden e professora afiliada à Goldsmiths University of London. A pesquisadora-ativista que esteve na 4ª edição do BEFW, em workshop sobre o Plano Earth Logic, está de volta para o lançamento da versão em português de seu material, realizado em parceria com a pesquisadora, consultora e ativista de design, a britânica Kate Fletcher.

A publicação “Earth Logic – Plano de Pesquisa-Ação para Moda” traz uma proposta de educação para valores na Moda, que visa conscientizar para o fato de que a sustentabilidade não poderá ser alcançada dentro da atual lógica do crescimento econômico. E faz um convite radical para que todos tenham a chance de entender a moda em conexão com a natureza, pessoas e futuros saudáveis a longo prazo. Durante o painel “Plano Earth Logic em Português: Do Conceito à Aplicação”, que acontecerá em inglês, com legendas em português, Mathilda trará informações sobre a proposta de ação imediata que o material propõe.

O Brasil Eco Fashion Week chega a sua 5ª edição este ano e como de costume a semana de moda acontece no 2º semestre. Evento que desde 2017 promove a moda sustentável, consciente, ecológica, regenerativa, ética e slow fashion no Brasil, o BEFW fomenta uma importante discussão em torno deste, que é um sistema complexo e de muitos impactos negativos. Gerando também oportunidades de negócios para marcas nacionais.

Brasil Eco Fashion Week – Inscrições e Retrospectiva

Painéis: 30 de junho de 2021
11h – “Moda Consciente e sob Demanda”
14h – “Selo Re 3 Anos: Jornada e Olhar de Futuro”
16h – “Projeto Anileiras: cultivo e beneficiamento de índigo agroflorestal no Brasil”
18h – “Plano Earth Logic em Português: Do Conceito à Aplicação”

Transmissão da programação: https://brasilecofashion.com.br/
Canal de Youtube: Brasil Eco Fashion Week – BEFW

Inscrições para o BEFW até 30 de junho.

- Publicidade -