Por casa.com.br

A essa altura do campeonato, você já deve ter notado que simplesmente amamos falar sobre as abelhas. E não é à toa: segundo Albert Einstein, se estes insetos desaparecerem da Terra, a humanidade terá apenas mais quatro anos de existência.

Principais responsáveis pela polinização das flores e consequente promoção da biodiversidade, os pequenos animais contribuem de forma intensa para a manutenção do meio ambiente. E foi pensando nisso que a Holanda – considerada por muitos como o país do futuro – instalou plantações de flores em alguns pontos de ônibus de Utrecht, buscando atrair as abelhas.

Ao todo serão 316 pontos de ônibus que passarão a ter telhados verdes feitos com suculentas. Além de melhorarem e purificarem o ar, estas plantinhas também ajudam a manter as populações dos polinizadores, como vespas e abelhas.

Mas não para por aí: além das plantas, a prefeitura local vem substituindo os ônibus a diesel por veículos elétricos movidos pela energia eólica, que é produzida pelos famosos moinhos de vento holandeses. Com 10 ônibus já elétricos na rede, a meta é que, até 2028, todo o transporte público seja livre de emissões de carbono e outros gases poluentes.

Os motoristas que dirigem de forma respeitosa com o meio ambiente e se comprometem com a filosofia ambientalista da cidade são incentivados a continuar a reduzir a poluição através de prêmios.

Residentes também estão inseridos nessa política: o governo oferece subsídios aos moradores que desejam substituir seus próprios telhados por versões ecológicas. Acessível, este é um exemplo de solução capaz de mudar a qualidade de vida em metrópoles. Demais, não é?