Com o objetivo de melhorar a mobilidade urbana na capital paulista, o prefeito Fernando Haddad sugeriu a criação de faixas exclusivas para bicicletas no entorno dos corredores de ônibus. O projeto de desenvolvimento inclui também a criação de novas ciclovias, além de novas vias para ônibus e reformas nas calçadas.

O aumento do número de ciclovias faz parte do Plano de Metas do atual prefeito de São Paulo, que prometeu a construção de 150 quilômetros de ciclovias e faixas para ônibus no município. Para atingir o objetivo, a área no entorno dos corredores de ônibus será novamente projetada, e, além disso, a Prefeitura vai construir novas ciclovias e promover melhorias nas calçadas.

Até o momento, não há previsão para o início das obras e os gastos ainda não foram calculados. Mas, segundo Jilmar Tatto, secretário municipal de transporte, parte dos fundos será angariada com o repasse de terrenos desapropriados à iniciativa privada.

Conforme publicado no portal MSN, as obras para unir ciclovias e corredores de ônibus poderão causar transtornos na cidade, pois aumentarão os congestionamentos em áreas críticas. Entre as ações propostas por Haddad, está o aterramento da fiação elétrica em alguns trechos da capital paulista, medida vem sendo estudada há anos, que tem altos custos de implantação.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.