- Publicidade -

Novo motor pode reduzir emissões de aeronaves em mais de 20%

Protótipo com design inovador tem lâminas leves e descobertas que reduzem o uso de combustível

motor aeronaves emissões
Imagem: CFM

A CFM International tem como meta encontrar soluções para que o futuro da indústria de aviação alcançe um futuro neutro em carbono. Nesta busca, a empresa criou um protótipo de motor para aeronaves chamado Open Rotor. As pás da ventoinha são de fibra de carbono e ajudam a reduzir o peso e o ruído. Outra inovação é que o motor fica descoberto, com as pás expostas ao ar.

- Publicidade -

Os testes iniciais mostram que a propulsão está quase no mesmo nível dos motores em uso, com um impacto ambiental bem menor. Os primeiros protótipos tinham um nível de ruído bem próximo aos motores tradicionais, mas com algumas inovações o novo motor já está mais silencioso.

Protótipo deve demorar pelo menos 10 anos para ser finalizado e comercializado. Foto: CFM

Com potencial de redução de dois dígitos em emissões e consumo de combustível, os novos motores podem aproximar a indústria de um futuro mais sustentável.

Apesar da empolgação com o novo desenvolvimento, as equipes dizem que pelo menos uma década de pesquisa e desenvolvimento adicionais são necessários antes que o design esteja pronto para uso comercial.

Outro método que o setor de aviação está explorando para aumentar a sustentabilidade é encontrar fontes alternativas de energia: plásticos e emissões de carbono sendo reciclados em novos tipos de combustível de aviação.

- Publicidade -
A CFM International é uma parceria entre a divisão americana GE Aviation da General Electric e a divisão Safran Aircraft Engines da francesa Safran. Foto: CFM

Para saber mais, acesse www.cfmaeroengines.com.