Um modelo de óculos de sol produzidos com café moído, serragem de linho e uma cola natural feita de óleo de soja é a aposta da empresa Ochis Coffee para ser alternativa ao plástico tradicional. Trata-se de um produto orgânico, durável e que ainda tem aroma de café.

A empresa com sede em Kiev, capital da Ucrânia, tem como premissa a “rejeição absoluta ao plástico de petróleo”, afirma em comunicado à imprensa. Segundo ela, as armações podem de ser decompor até 100 vezes mais rápido do que os óculos comuns.

“Meu pai era dono de uma ótica e oficina, onde estudei óculos desde a minha infância. A partir disso, vi muitos óculos e queria criar um modelo realmente ecológico, confortável e universal que cada pessoa pudesse ajustar para si. Depois de muita interação, criei um novo material de café e linho, do qual nosso modelo é feito”, afirma Max Gavrilenko, fundador da Ochis Coffee.

Da terra para a terra

A companhia afirma que a estrutura do óculos pode se degradar completamente após 10 anos no solo ou na água e se transforma em um fertilizante natural para novas plantas.

Em relação ao design, ele pode ser adaptado para quaisquer lentes de grau ou, se os clientes quiserem apenas um óculos de sol, podem optar por quatro opções coloridas – com proteção UV. Além disso, as hastes e pontas auriculares podem ser ajustadas para se adaptar a qualquer pessoa.  

O próximo do produto é passar por uma fase de captação de financiamento coletivo. Mas, a empresa já estima que os óculos serão vendidos por valores que começam em 69 dólares. O site da empresa com mais detalhes está disponível aqui.

Leia mais:

Marca de cerveja reaproveita bagaço de malte para fazer óculos

Cariocas produzem óculos de luxo com madeira que vem do lixo

Conheça o óculos que transforma energia solar em eletricidade