vestido caroço de manga

A adolescência é uma fase de muitas inquietações e descobertas. Também chamados de impulsivos, quando jovens movem essa força para a consciência ambiental e social nascem projetos interessantes. É o caso de Jessica Collins, uma garota de apenas 18 anos que criou um vestido longo de festa com 700 mangas Calypso – variedade encontrada na Austrália. 

Mas, de onde saiu tanta manga? As frutas vieram da fazenda de sua família, localizada no estado de Queensland. Jessica teve a ideia após anos vendo mangas muito maduras irem parar no lixo por não estarem nos padrões dos supermercados. Ela afirma que sua família descarta cerca de 5 mil quilos de manga anualmente. Logo, sua intenção foi chamar atenção para o desperdício.

Em entrevista à BBC, ela explica que retirou a polpa das mangas, para fazer smoothies, e os resquícios da fruta foram limpos com uma lavadora de alta pressão. Tudo então foi seco em um umidificador, para evitar mofo, e em seguida cada caroço foi cortado em dois – formando 1.400 itens. 

A estudante nem se deu o trabalho de tingir pois, após secar, os caroços ficaram “com uma bela cor perolada, então decidi deixá-los naturais”, afirmou. Ela mesma desenhou o vestido e costurou-o à mão. Ao site Abc News, ela diz que se inspirou em escamas de peixe para criar o design. O vestido pesa cinco quilos.

Foram quatro meses de trabalho e o impressionante vestuário é parte de seu projeto final de Design e Tecnologia e está tendo muita repercussão midiática.