mini casa minimalista
Fotos: Toca Turquesa | Facebook
- Publicidade -

Uma vida com poucos objetos em uma pequena residência dentro de uma fazenda. Se te veio à mente a tradicional casa no mato ou “na roça” você está completamente errado. Estamos falando de uma mini casa que, afora seu tamanho, tem tudo que um jovem casal moderno – e minimalista – pode desejar.

Gabriela Marson e Gustavo Rodrigues, após uma viagem aos Estados Unidos, conheceram o Movimento Tiny House, que, baseado em princípios minimalistas, defende a moradia em casas minúsculas – reduzindo o espaço construído onde vivemos, sobretudo a população urbana. Eles se encantaram com a possibilidade de viver em uma pequena casa móvel, sem abrir mão do conforto, e em 2019 iniciaram o projeto de construção.

Foto: Toca Turquesa | Facebook

Desde 2020, o casal mora em uma mini casa sobre rodas de 29 metros quadrados desenvolvida e construída no Brasil. Realizada pela fabricante Tiny House Brasil, a construção é seca. Sem uso de cimento, água e com o mínimo de desperdício de material.

- Publicidade -
Foto: Toca Turquesa | Facebook

Apesar de minúscula, a residência é prática e funcional. Isso porque cada item foi milimetricamente planejado. Nada está fora do lugar, ao contrário de casas em que o tamanho ou a quantidade de móveis e objetos criam uma sensação claustrofóbica.

Foto: Toca Turquesa | Facebook
Foto: Toca Turquesa | Facebook
Foto: Toca Turquesa | Facebook

A sala, por exemplo, é multifuncional. Pode reunir 8 pessoas para jantar, serve de quarto de hóspedes para dois visitantes e também funciona no cotidiano como home office. A cozinha possui uma ampla bancada, de forma que é possível sentar para almoçar ou trabalhar. Uma mesa adicional com dobradiça foi instalada para inserir o teclado e mouse, criando um espaço de trabalho ergonômico.

Foto: Toca Turquesa | Facebook
Foto: Toca Turquesa | Facebook
Foto: Toca Turquesa | Facebook

Tons neutros e acabamento interno com madeiras claras também contribuem para a ampliação do espaço. Externamente, a cor turquesa dá o toque especial na porta, no teto e em outros detalhes da construção, além de dar nome à casinha: “Toca Turquesa”. A cor, que a dupla tanto gosta, busca trazer a ideia de lar e aconchego.

Otimizando espaços

Na escada, há um armário embutido na extensão de cada degrau. Esta é uma tática bastante usada em mini casas para otimizar espaços de armazenamento. A primeira gaveta serve para guardar sapatos e a própria escada também vira banco e até local de exercício para o casal que pratica a acroyoga.

Foto: Toca Turquesa | Facebook

Os degraus conduzem ao quarto composto por uma cama queen size e amplas janelas, que permitem apreciar a lua e as estrelas. Do lado oposto, um segundo loft serve de área de lazer ou quarto de visitantes, conforme a necessidade. Para subir até lá, há uma escada retrátil escondida no teto da sala.

O banheiro, como não poderia deixar de ser, também é minúsculo e funcional. Com direito a box de vidro, máquina de lavar roupa, armário para guardar produtos e banheiro seco.

Foto: Toca Turquesa | Facebook
Foto: Toca Turquesa | Facebook

Por fim, o casal instalou um deck suspenso para aproveitar ao máximo a vista exterior. Neste momento, a Toca Turquesa está instalada em uma fazenda no interior de São Paulo. Mas, a ideia é ter a possibilidade de mudança. Morando onde quiserem, de preferência sempre em meio à natureza.

Foto: Toca Turquesa | Facebook
Foto: Toca Turquesa | Facebook
Foto: Toca Turquesa | Facebook
Foto: Toca Turquesa | Facebook

Focados na flexibilidade, o casal buscou e conseguiu toda a documentação necessária para que a casinha possa circular pelas ruas. Agora, é só aguardar qual será a próxima aventura. Para acompanhá-los, basta seguir esta página no Instagram.

Foto: Toca Turquesa | Facebook

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -