Os norte-americanos Patrick Chirico e Brian Farrell são sócios na empresa WrecordsByMonkey, que transforma antigos discos de vinil em diversos acessórios. Entre as criações estão cases para iPhone, braceletes, capas de cadernos, chaveiros, jóias, entre outras coisas.

O trabalho da dupla teve início em um estúdio no Brooklyn, em Nova York, onde eles chegaram a produzir de maneira artesanal 200 mil pulseiras em vinil. Hoje a linha de produção está ainda maior e a diversidade de produtos também. Para se ter uma ideia, a empresa fabrica até mesmo placas de interruptor de luz e relógios.

Os discos de vinil há muito tempo deixaram de ser artigos comuns ao cotidiano das pessoas. Com o desenvolvimento das tecnologias, os aparelhos de som que rodam vinis são praticamente relíquias, comuns somente aos colecionadores. Dessa forma, muitos discos foram simplesmente descartados.

As criações de Chirico e Farrell impedem que uma grande quantidade de resíduos seja descartada e ainda permitem que os usuários carreguem o amor pela música em seu estilo. Além disso, os acessórios já tiveram destaque em boa parte da mídia estadunidense e foram usados no seriado Glee e por músicos, como Norah Jones, Hanson e Mates of State.

A empresa busca se tornar cada vez mais verde, reduzindo a sua pegada de carbono. Para isso, investe em novas estratégias que minimizem o impacto em todo o processo de fabricação e distribuição de seus produtos. Todas as criações estão disponíveis para compra através do site da WrecordsByMonkey.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.