A cada dia que passa estamos mais distanciados da natureza e perdendo o contato com as plantas. A rotina corrida, o excesso de trabalho e a falta de tempo são os principais motivos utilizados por quem não cultiva plantas ou hortas orgânicas em casa, no entanto, o que poucos sabem é que há uma possibilidade de montar pequenos jardins sem que para isso seja preciso muito cuidado ou técnicas de produção orgânica.

De acordo com o Especialista em Agricultura Orgânica Thiago Tadeu Campos, os terrários são uma alternativa simples e barata para quem quer adicionar um pouco de verde no ambiente sem ter o compromisso diário de irrigar e realizar os tratos culturais. Todas as pessoas podem montar um terrário, inclusive crianças e idosos. É uma atividade terapêutica e muito divertida, que trabalha a coordenação motora, o contato com a natureza e a criatividade de cada um.

Como fazer um terrário

O terrário pode ser montado em qualquer tipo de recipiente, inclusive pequenas taças e garrafas de vidro que seriam descartadas. Há quem prefira terrários fechados, que reproduzem o ciclo da água e não exigem cuidados com a irrigação por estarem vedados com rolhas ou tampas, mas o terrário aberto também é uma opção para salas e escritórios. Escolha o recipiente que mais se encaixa no espaço desejado, dê preferência aos vidros transparentes.

Escolhendo as plantas ideais para seu terrário

Após escolher o recipiente é preciso decidir quais plantas serão colocadas no terrário. O uso de suculentas facilita a manutenção, pois não exige tanta água e pode ser localizado em ambientes com luminosidade relativamente baixa. Mas também é possível optar por plantas como a violeta africana, musgo tapete, avenca, planta da amizade, cactos, mini-orquídeas, veludo roxo, entre outras plantas menores que não exige grandes manutenções no dia a dia.

Montagem e decoração

É importante estruturar o solo antes de colocar a planta, assim não haverá acúmulo de água e não surgirão doenças ou pragas em seu terrário. Comece lavando o recipiente e colocando uma camada de pedra ao fundo, em seguida, coloque uma camada de areia e outra de cascalho, somente então coloque a terra. Feito isso, cave um buraco para a muda e cubra-a com terra. Por fim, coloque uma camada de pedra, areia ou cascalho para proteger a superfície e impedir que a água evapore com facilidade.

Com a estrutura do terrário pronta, basta decorar com objetos de sua preferência, respeitando o espaço de crescimento das plantas. Coloque pedras coloridas, pequenos enfeites, brinquedos e até mesmo peças de biscuit. Solte a criatividade e faça com que o terrário combine com a sua personalidade.

Terrários para animais

Há também a possibilidade de produzir terrários em viveiros de répteis, como forma de montar um habitat divertido. Para quem possui cobras, lagartos e até mesmo pequenas tartarugas, montar um terrário diferenciado pode fazer com que a caixa onde o pet vive se torne parte da decoração.

A montagem e a manutenção dos terrários é simples o suficiente para que não haja problemas ou dificuldades durante o seu processo. Caso a planta não se adapte, troque-a por outra de uma espécie semelhante e, caso precise de mudanças, é só refazer o processo de montagem. Solte a sua criatividade e invista em seu bem-estar cultivando pequenos terrários, dessa forma o ambiente ficará mais colorido e você poderá se sentir revigorado pelas pequenas doses de natureza distribuídas em sua casa ou escritório.

DESCRICAO_AUTOR_THIAGO_TADEU_CAMPOS

Thiago Tadeu Campos é especialista em agricultura orgânica e consultor master em produção orgânica na empresa ImGrower. Um de seus principais hobbies é compartilhar conteúdo em seu próprio blog, cuja missão é fornecer material prático, atualizado e de qualidade sobre a produção de alimento orgânico e cultivo protegido.