meditação global paz
Foto: iStock
- Publicidade -

Há 40 anos, a Organização das Nações Unidas (ONU) estabeleceu 21 de setembro como o Dia Internacional da Paz, data dedicada ao fortalecimento dos ideais de paz, tolerância e compreensão entre todas as nações e povos do planeta.

Para celebrar esta data, a Virada Sustentável, em parceria com a Virada Zen, promove, pela segunda vez, a realização do Amanhã da Paz: uma meditação online global simultânea (re)unindo as mais diversas filosofias do conhecimento humano.

O encontro e meditação global acontece online, no dia 21 de setembro de 2021, a partir das 20h.

- Publicidade -

O encontro pode ser acessado na página do Amanhã pela Paz, no site da Virada Sustentável, onde também estão Disponíveis os perfis dos condutores deste grande momento. 

O objetivo do Amanhã da Paz é criar uma grande rede cooperativa, em que cada participante realize sua meditação e, ao mesmo tempo, faça parte de um grande movimento coletivo.

“O Amanhã da Paz mostra que podemos pensar e influenciar de maneira positiva a nossa sociedade e meio ambiente, sem pensar em dogmas, religiões ou separação de qualquer espécie.”

Mariana Amaral, realizadora da Virada Sustentável e Virada Zen
meditação global paz
Foto: Pixabay

Lideranças espirituais e religiosas, professores e múltiplos porta-vozes das mais diferentes crenças e culturas estarão unidos na mesma sintonia conduzindo uma ampla meditação em suas próprias redes sociais, convocando amigos, seguidores, apoiadores e parceiros.

Dentre os mais de 340 nomes já confirmados para o Amanhã da Paz estão: Aline Neelama, Bárbara Borges, Bruna Lombardi, Caroline Amanda Lopes, Danni Suzuki, Deva Premal & Miten, Dr. Marcelo Demarzo, Eduardo Shinyashiki, Fernando Rocha, Fernando Scherer (Xuxa), Geraldo Rufino, Kaká Werá, Ken O’Donnell, Lama Padma Samten, Márcia De Luca, Marco Schultz, Marcos Rojo, Maria Paula, Mariana Ferrão, Monge Daniel, Monge Satyanatha, Monja Coen, Regina Shakti, Roberto Shinyashiki, Sérgio Felipe de Oliveira.

“A experiência que o mundo viveu nos últimos meses reforça a importância da cultura de paz ser usada como ferramenta de união e colaboração.”

Armando Mandi, realizador da Virada Zen
meditação global paz
Foto: Madison Lavern | Unsplash
- Publicidade -