Viver em uma cidade grande, cercada por concreto, pode deixar nas pessoas uma sensação de desconexão com a natureza. Assim, alguns hábitos simples de quem mora no campo acabam esquecidos ou parecem distantes demais para serem postos em prática. Mas, existem algumas pequenas atitudes que podem reverter isso, ajudar a reduzir a pegada ambiental e proporcionar um estilo de vida mais sustentável. Veja abaixo algumas sugestões:

  1. Plante alguma coisa

Se você não tem espaço para ter uma horta doméstica, comece plantando em vasinhos ou em uma floreira. Ervas são excelentes para começar. Além de crescerem rápido e serem práticas para quem não tem experiência com jardinagem, elas são extremamente úteis para dar um toque especial na hora de cozinhar. Mesmo parecendo pouco, este já é o primeiro passo para mudanças maiores.

Foto: iStock by Getty Images
Foto: iStock by Getty Images
  1. Economize, reduza e recicle água

O consumo de água por habitante no Brasil vem em uma crescente nos últimos anos. Atualmente, cada pessoa gasta, em média, 166 litros/dia. A quantidade recomendada pela Organização Mundial da Saúde é de 110 litros/dia. Mas, é possível gastar menos do que isso. Evite banhos demorados, desligue o chuveiro enquanto se ensaboa, aproveite a água que cai enquanto o chuveiro esquenta, desligue torneiras enquanto escova os dentes ou ensaboa as louças. Essas são apenas algumas dicas para reduzir o desperdício. Se você mora em uma casa, aproveite para instalar uma cisterna, para aproveitar também a água da chuva. Outra sugestão é usar a água do enxágue da máquina de lavar roupas para lavar o quintal.

Foto: iStock by Getty Images
Foto: iStock by Getty Images
  1. Não desperdice alimentos e não se renda ao consumismo

As grandes cidades estão cheias de ferramentas usadas para incentivar o consumismo, instigando as pessoas a comprarem o que não precisam. Não se deixe levar por anúncios bonitos. Antes de fazer compras, faça uma lista do que está faltando, incluindo a quantidade necessária. Não compre além do que você precisa. Isso lhe ajudará a evitar o desperdício de alimentos e, principalmente, de dinheiro.

Foto: iStock by Getty Images
Foto: iStock by Getty Images
  1. Evite plásticos

Tenha sempre sacolas retornáveis à mão e fuja dos alimentos embalados de maneira excessiva. Frutas, legumes e vegetais não precisam ser dispostos em embalagens individuais ou, pior ainda, em bandejas de isopor. Evite comprar de locais que comercializem os alimentos assim e valorize os que vendem da forma mais natural possível. Muitos desses resíduos plásticos não são sequer encaminhados aos aterros, muito menos reciclados. Antes de descartar, mesmo que de forma consciente, opte por nem usar.

Foto: iStock by Getty Images
Foto: iStock by Getty Images
  1. Compre de produtores locais

Talvez morando em uma metrópole as pessoas tendam a achar que os agricultores estão distantes. Mas, existem muitos produtores também em áreas urbanas. Isso não precisa se limitar aos alimentos frescos. Valorize também os artesãos do seu bairro, as feiras, troque os grandes centros comerciais pelas lojinhas, mercearias e restaurantes da região e, assim, ajude a movimentar a economia local.

Foto: iStock by Getty Images
Foto: iStock by Getty Images

Redação CicloVivo