Gastos que podem ser eliminados da sua vida hoje

Quando você faz o “check up” financeiro sobra dinheiro para poupar e investir.

Começar a poupar é sempre difícil. Antes é preciso entender bem para onde está indo o seu dinheiro. Você sabe exatamente quanto gasta mensalmente com itens essenciais? E os supérfluos? Por mais que você ache que não, sempre haverá custos que podem ser eliminados ou ao menos reduzidos. Depois que você fizer esse “check up” financeiro, possivelmente sobrará dinheiro para poupar e investir. Confira abaixo alguns itens que podem estar atrapalhando a sua vida.

Gastos por status

Faz pouco tempo que comprou um item que não precisava? Trocou o celular mesmo que o antigo ainda funcionasse? Fez alguma compra ou visitou algum lugar caro só porque um amigo recomendou? Se a resposta for sim, sinto em informar, mas você está vivendo de aparências. Você provavelmente gasta mais do que poderia para se adequar na sociedade. Além disso não ser nada bom para a sua vida financeira, ainda está te rendendo prejuízo.

A dica é: busque o autoconhecimento. Se conheça de verdade. Saiba quais são seus gostos, o que você realmente precisa e o que te faz feliz. Só assim você não será influenciado por terceiros e seu dinheiro será melhor aproveitado. Dinheiro pode sim trazer muitas alegrias, mas é preciso antes ter em mente o que realmente lhe traz satisfação.

Gastos por pressão social

Esse é talvez o mais difícil de todos. Somos influenciados o tempo inteiro. Há diversos padrões que foram impostos e por mais consciência que você tenha deles, é uma luta interna muito grande não ceder. O mercado de beleza é um dos maiores exemplos. Quantos produtos voltados para o público feminino existem no mercado? Creme para mãos, creme para os pés, creme para estrias, sabonete íntimo, produtos antienvelhecimento. São inúmeros. As prateleiras estão cheias de itens para suprir toda e qualquer necessidade de “cobrir” nossos defeitos naturais.

Neste caso, vale o bom senso. De nada adianta eliminar todos os produtos e ver a autoestima despencar. Tudo bem experimentar vez ou outra algum produto ou tratamento, mas busque antes de qualquer coisa se sentir bem consigo mesmo. Aceitar que seu corpo não é perfeito – e o de ninguém é -, te fará poupar uma bela grana.

Gastos por maus hábitos

Quantas coisas você faz sem nunca se questionar se aquela é a melhor escolha. O mercado de sempre, o salão de beleza de todo mês, o mesmo lugar para comprar ração para os pets. Muitas das nossas decisões são simplesmente baseadas em hábitos, como falamos aqui. Isso quer dizer que, quando se trata de consumo, eliminamos a etapa da pesquisa. E aí está o grande erro. Precisamos variar, pesquisar, comparar. E isso não significa que a opção deve ser sempre pelo mais barato. Um produto econômico e de baixa qualidade pode no fim sair mais caro para o consumidor.

Aqui a questão é ficar sempre atento. Questionar sempre as decisões que vem de imediato e que possivelmente não passou pelo processo de avaliação mental. Pode parecer besteira, mas isso pode te fazer economizar muito. Vale aquela frase famosa e certeira: não adianta fazer sempre o mesmo e esperar resultados diferentes.