A escolha pela utilização de luzes LED são incentivadas por trazerem mais economia para o consumidor e para o meio ambiente, além de serem mais duráveis. Mas, é preciso entender os dois lados da moeda e saber em quais situações elas são de fato eficientes.

Para falar sobre o assunto é preciso primeiro entender o conceito. O LED é um diodo semicondutor que emite luz visível quando energizado. Criado em 1962, ele pode ser encontrado em televisões, computadores, luminárias, rádios, entre outros aparelhos eletrônicos.

Seu uso é considerado mais ecológico uma vez que gera uma economia entre 75 e 95% do consumo de energia em comparação às lâmpadas halógenas. Além disso, ele é também resistente e pode ter até dez anos de vida útil.

Para quem pretende fazer um projeto sustentável, seja para a residência ou negócio, é preciso ter cuidado e saber que não basta substituir todas as lâmpadas convencionais pelo LED. Infelizmente, apesar de mais ecológico, eles não suportam outra fonte luminosa concorrendo diretamente com sua luminosidade. “O LED está evoluindo, mas ainda não é referência de luz como uma lâmpada dicroica, por exemplo, e é egoísta em sua aplicação”, afirma o arquiteta Rafael Serradura.

Outra questão é saber escolher os locais adequados para instalar lâmpadas de LED, pois elas não atingem o IRC (Índice de Reprodução de Cor) de 100%, diferente das halógenas ou incandescentes. Isso significa que colocá-las na cozinha pode ser um problema, já que neste local são preparadas as refeições e é importante que as cores emitidas pela luz sejam mais fieis à realidade.

Dessa forma, nas residências, recomenda-se o uso de LED em jardins, quartos, lavabos, em locais que sejam para o descanso e relaxamento. Com informações de Casa Abril.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.