Nem só de tranquilidade vivem os parques da capital. Muitos servem de palco para shows gratuitos ao ar livre, apresentações artísticas variadas, atividades esportivas. A Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente de São Paulo lançou a 4ª edição do guia de parques da cidade. Ao todo, são 103 parques públicos municipais que mantêm um pouco de área verde no caos da metrópole.

Na descrição de cada um, há informações sobre a infraestrutura e as particularidades da unidade – além de fotos que ilustram a apresentação. Além dos parques, o guia revela as áreas naturais preservadas nas unidades de conservação.


Parque Ibirapuera – Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

Ficou interessado em conhecer as “maravilhas verdes” escondidas em cada um dos parques de São Paulo? Clique aqui para acessar o guia completo.

Área verde multimídia

Pela internet é ainda possível acessar “Áreas Verdes das Cidades”, um site que reúne parques e áreas de São Paulo. Os internautas podem conferir informações sobre cada local por meio de mapas, textos, fotos e até vídeos.


Parque Trianon  Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

O último local mapeado foi a Praça São Domingos Sávio – Reservatório Sumaré, localizada no bairro do Sumaré. Com área total de 14 mil metros quadrados, o parque possui remanescente da Mata Atlântica com árvores centenárias.

O espaço reúne pistas para caminhadas e/ou corridas, playgrounds para as crianças, aparelhos para ginástica, sanitários, praça de estar, pergolado e bancos. Saiba mais sobre as áreas que já foram mapeadas aqui.


Praça São Domingos Sávio – Foto: Áreas Verdes das Cidades

Marcia Sousa – Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.