As bicicletas elétricas são boas opções para substituir as motocicletas, principalmente em grandes cidades. Um grupo de cientistas japoneses da Universidade de Saitama desenvolveu um modelo de bike elétrica que não precisa ser conectada à tomada para ser recarregada.

Apesar de serem cada vez mais comuns, as bicicletas elétricas muitas vezes acabam sendo pouco práticas justamente pela forma como as baterias são recarregadas. Na maior parte dos casos, as baterias precisam ser retiradas e conectadas às redes de transmissão. Isso não acontece no modelo japonês, conforme informado pelo site Springwise.

Através de uma parceria com uma empresa de tecnologia, os cientistas conseguiram aproveitar um sistema de transmissão sem fio para transmitir a energia para a bateria da bike. Assim, com o receptor instalado ao lado da roda dianteira, a bicicleta precisa apenas estar próxima da central para que as recargas sejam efetuadas.


Foto: Divulgação

De acordo com os criadores, são necessárias cinco horas até que a bateria seja recarregada por completo. A autonomia do sistema é de até 55 quilômetros. A facilidade do sistema pode incentivar a criação de novas centrais de compartilhamento de bicicletas elétricas, principalmente para finalidade turística, já que as bikes poderiam ser recarregadas apenas por estarem estacionadas nas estações.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.