Em Amparo, interior de São Paulo, uma interessante vivência acontecerá entre os dias 16 e 17 de maio. Serão apresentadas as Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) e os conceitos ecológicos que fundamentam essa forma alternativa de pensar a alimentação.

Os participantes vão aprender a identificar algumas das PANC mais facilmente encontradas e terão a oportunidade de experimentar novos sabores e elaborar receitas práticas, que podem ser incorporadas ao dia a dia.

Dessa forma, vão resgatar conhecimentos da sabedoria popular que foram se perdendo ao longo das gerações. O público alvo são pessoas interessadas em práticas de vida mais sustentáveis e na troca de saberes.

O curso tem carga horária de nove horas e será ministrado na Fazenda Furquilha,  bairro Furquilha, em Amparo, pela bióloga, coordenadora geral e fundadora do Núcleo Caetê de Educação, Meio Ambiente e Cultura, Nicole Sigaud.

No dia 16 de maio o curso será ministrado das 9h às 17h e no dia seguinte apenas no período da manhã, das 09h às 12h.

Conteúdo Programático:

Sábado de manhã:

 – O que são Plantas Alimentícias Não Convencionais

– Impactos Ambientais da Agricultura tradicional

– Dinâmica sobre a origem dos alimentos

Sábado à tarde:

– Prática de identificação em campo

– Cuidados na coleta

Domingo de manhã:

– Coleta e preparo de receitas

– Degustação dos pratos

Investimento:

Inscrição – R$ 215,00

Inscrição + Hospedagem + Refeições – R$ 380,00

Associados ARN – R$ 185,00

As inscrições ficam abertas até 24 de abril e podem ser feitas pelo telefone: (19) 99207-2783, e-mail: [email protected] ou facebook: Vera Brilho Zamarioly. 

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.