Um estudo produzido por universidades espanholas mostra que os jovens entre 13 e 18 anos que caminham para chegar às escolas têm melhor rendimento cognitivo do que os adolescentes que fazem o mesmo trajeto de carro ou de ônibus. A pesquisa, publicada neste mês, ainda comprovou que, quanto maior a caminhada, melhor o desempenho escolar.

Os dados foram levantados com a participação de 1.700 estudantes espanhóis, sendo 808 garotos e 892 meninas, que responderam a um questionário e realizaram testes de habilidades educativas, que também mediam a capacidade e a rapidez do raciocínio, domínio de linguagem e conhecimentos matemáticos. O estudo, batizado de Avena, foi divulgado no Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine, importante publicação norte-americana sobre saúde de crianças e adolescentes.

De acordo com o jornal espanhol ABC, a pesquisa concluiu que, quanto maior o tempo de caminhada, melhor o rendimento nas aulas – sendo assim, os jovens que caminham, em média, 15 minutos para chegar à escola, têm melhor rendimento do que aqueles que usam carro, ônibus ou transporte escolar. Além disso, também foi comprovado que os adolescentes que moram a poucos minutos do colégio têm desempenho pior, se comparados com os que moram mais longe.

O estudo foi desenvolvido por grupos de pesquisadores acadêmicos de Granada, Zaragoza e Madri. Além disso, o Conselho Superior de Investigações Científicas de Madri também participou da elaboração da pesquisa.

Esta não é a primeira vez que fica comprovado o melhor desempenho entre os alunos que realizam atividades físicas no caminho das escolas: neste ano, um estudo elaborado na Dinamarca mostrou que crianças que pedalam até chegar à aula têm a concentração mais aguçada.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.