Dia 18 de junho é comemorado o Dia da Gastronomia Sustentável que alerta, entre outros fatores, sobre como os maus hábitos alimentares – como o desperdício de comida – influenciam diretamente no meio ambiente.

Pensando nisso, o WW Vigilantes do Peso separou ideias para o uso de cascas, talos ou sementes no preparo das refeições do dia a dia, para estimular a redução do descarte desnecessário.

Frutas e legumes

Para não desperdiçar frutas amadurecidas, é possível aproveitá-las em uma salada antes que entrem em processo de deterioração. Basta cortar todas que possam estragar e misturar em uma tigela. É uma boa opção para lanches ou sobremesas, ainda mais misturadas com aveia em flocos ou granola.

Outra alternativa é fazer um suco de frutas e hortaliças. Criar o hábito de incluir talos de couve no suco de maracujá, por exemplo, ou uma cenoura mais madura no suco de laranja, evita o desperdício, além dessas serem boas fontes de energia.

Talos de verduras, como brócolis e couve-flor

O talo das verduras é rico em fibras, que auxiliam no bom funcionamento do intestino. Eles podem ser utilizados para engrossar sopas e cremes ou no preparo de suflês de legumes.

Em uma sopa de brócolis com gorgonzola, por exemplo, é possível utilizar tanto os floretes quanto os talos do brócolis para deixá-la ainda mais cremosa. Ou então um caldo de legumes caseiro, que é mais nutritivo do que o processado.

Folhas de beterraba, cenoura, rabanete

Ao invés de descartar as folhas, é possível refogá-las para sopas ou saladas. As folhas da cenoura são fonte de carotenóides e podem entrar na receita de um suco verde ou até mesmo serem usadas em um molho pesto diferente. 

Cascas de limão e laranja

O mais comum é o uso das cascas para doces ou em formato de raspas para dar um toque cítrico aos alimentos. Mas essa parte das frutas, que geralmente é descartada, pode ser utilizada também para fazer chás ou para cozimento junto com arroz e quinoa, trazendo novos aromas e sabores para a refeição.

É importante higienizar corretamente as cascas antes de utilizá-las.  Dica: ao usar raspas de limão ou laranja em um doce, evitar raspar até a parte branca da casca pois ela possui um sabor amargo.  

Sementes

As sementes da abóbora podem ser torradas no forno e temperadas com ervas finas, por exemplo. Elas são ricas em magnésio, zinco e fósforo.