Extraído do interior do caule de três espécies de palmeiras (juçara, pupunha e açaí), é difícil encontrar quem não goste de palmito. A substituição do camarão, comumente usado em receitas de bobó, pelo palmito traz uma solução rápida, fácil de ser executada, além de deliciosa.

É importante evitar a compra das espécies Juçara ou Açaí, dando preferência à Pupunha. Isso porque grande parte dos potes de palmito oriundos destas duas espécies são extraídos na floresta de maneira ilegal. Para se ter uma ideia, o palmito Juçara leva cerca de oito anos para o corte e não rebrota -, sendo necessário seu replantio. Comprá-lo “inviabiliza o crescimento da árvore que é tão importante e está quase acabando”, afirma Vivi Noda, do PorQueNão? Mídia. É ela que traz para esta Segunda Sem Carne as dicas para o preparo de bobó de palmito.

Ingredientes:

2 cebolas
2 dentes de alho
3 tomates cortados em rodelas
Se gostar coloque pimentão e pimenta a gosto
1 vidro de palmito
400 gramas de mandioca cozida sem casca
500 ml de leite de coco
Sal a gosto

Modo de fazer:

Leite de coco – Normalmente, coloco água morna nos pedaços de coco e deixo de molho da noite pro dia. No dia seguinte, bato no liquidificador.

O bobó – Com a mandioca cozida, bata com o leite de coco, acrescente sal e reserve. Refogue a cebola, o alho, o pimentão e o tomate, logo em seguida acrescente os palmitos cortados em rodelas. Assim que começar a dourar, acrescente um pouco do leite de coco pra ir pegando o gostinho. Adicione pimenta do reino com sal a gosto.

Agora mistura o purê de mandioca com leite de coco, mexa mais uns dois minutos e tá pronto. Dica: finalize com um pouco de coentro e cebolinha.