O Greenpeace, em parceria com a atriz brasileira Alice Braga, lançou a série “De onde vem sua comida?”, uma jornada de 3 vídeos que explica a conexão entre os alimentos que consumimos, a crise climática e a destruição de florestas e outros ecossistemas em todo o mundo.

O atual sistema industrial de produção de alimentos foi moldado pelo agronegócio global, que representa uma concentração de poder corporativo que vem devorando as florestas e ecossistemas vitais do mundo, ameaçando a biodiversidade, acirrando os conflitos pela terra e agravando a crise climática.

Imagem: Reprodução YouTube | Greenpeace

“O aumento vertiginoso do desmatamento na Amazônia no último ano mostra que empresas e governos continuam ignorando a importância de conservar nossas riquezas naturais para o bem de toda a sociedade, para a economia do país e para o clima global, afirma Tica Minami, diretora de Programas do Greenpeace Brasil. 

A agricultura industrial hoje é tão grande que as emissões de gases de efeito estufa deste setor são equivalentes a de todos os carros, trens, navios, ônibus e aviões, juntos. Hoje, mais terra é utilizada para cultivar comida para os animais do que para as pessoas.

Imagem: Reprodução YouTube | Greenpeace

“A proteção de florestas e outros ecossistemas é vital na luta contra a crise climática e para manter nosso planeta seguro para nós e para as gerações futuras. Empresas e governos passaram muito tempo sem serem responsabilizados por suas ações. Chegou a hora de todos nós, juntos, defendermos nosso planeta, os direitos dos povos indígenas e o futuro que todos queremos e merecemos”, afirma a atriz Alice Braga.

Na última década, muitas empresas globais prometeram proteger e restaurar nossas florestas, mas seu modelo de negócio ultrapassado continua nos levando na direção oposta. Dez anos se passaram depois que um compromisso global foi assinado por grandes empresas, mas pouco foi feito para tornar suas operações mais responsáveis e transparentes.

Imagem: Reprodução YouTube | Greenpeace

As empresas precisam fornecer alimentos acessíveis, de boa qualidade e sem veneno para todos nós. Os governos precisam respeitar os direitos indígenas e apoiar uma transição justa e ecológica para a sociedade. Temos uma escolha a fazer, precisamos de um sistema mais justo, que proteja as pessoas e o planeta.

Confira os vídeos