- Publicidade -

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, apresentou na última segunda-feira, dia (18), um programa que prevê duplicar o volume de tratamento de esgoto, em apenas quatro anos.

Diariamente, 33% do esgoto produzido no estado é tratado. O plano do governo é dobrar esse tratamento, passando para 60%. Além disso, foi feito um planejamento para colocar fim a todos os lixões até 2014. Existem hoje, 46 lixões abastecidos legalmente pelas prefeituras do estado do Rio e ainda outras dezenas de lixões clandestinos.

O programa que o governador apresentou constitui-se em duas frentes: o Rio mais Limpo, que destaca a coleta e tratamento de esgoto, e o Lixão Zero, que prevê a construção de aterros sanitários e uma solução para os lixões clandestinos.

- Publicidade -

O pacto pelo saneamento ficará sob comando da Secretaria de Estado do Ambiente em parceria com a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) e dos municípios. Para executar o projeto serão captados recursos vindos do Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano (Fecam), do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fundrhi), além de recursos provenientes de uma parceria público privada. De acordo com o Governo do Rio, o investimento no programa gira em torno de cinco bilhões de reais. Com informações do “O Eco”.

Redação CicloVivo

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter

- Publicidade -