Representantes do governo federal e do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) apresentam nesta quinta-feira (23), no Senado, o Projeto Opções de Mitigação de Gases de Efeito Estufa em Setores-Chaves da Economia Brasileira, que será implementado pelo Pnuma e pelo governo.

Em entrevista à Agência Senado, Gustavo Luedemann, coordenador-geral de Mudanças Globais de Clima do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, disse que o projeto terá financiamento do Global Environmental Fund (4,18 milhões de dólares), enquanto o Pnuma deve participar com 102,4 mil dólares. Já o governo federal participará com contrapartidas – que não implicam injeção de recursos, mas oferta de infraestrutura, estudos e outras atividades – estimadas em 11,89 milhões de dólares.

A apresentação, que começou por volta das 10h, acontece em reunião promovida pela Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas (CMMC) e pela Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado (CMA).

Coordenam a reunião os senadores Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), presidente da CMMC, e Eduardo Amorim (PSC-SE), vice-presidente da CMA.

O encontro está sendo realizado na sala 6 da Ala Nilo Coelho do Senado.

Agência Senado

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.