Foi com o samba rural que a escola de samba da Vila Isabel conquistou o primeiro lugar no Carnaval carioca deste ano. Para o presidente da agremiação vencedora, Wilson Alves, o enredo que homenageia o agricultor brasileiro contribuiu para o título.

A escola escolheu o tema “A Vila canta o Brasil celeiro do mundo – água no feijão que chegou mais um”. Representando os ícones do campo, a bateria foi fantasiada de espantalhos, na ala das baianas havia joaninhas, galos e até gafanhotos, lembrando as pragas agrícolas que atingem essas áreas.

Também desfilou na avenida o cantor Martinho da Vila, um dos autores do samba, que também aproveitou para comemorar seu aniversário de 75 anos. Além disso, houve apresentação da terra do produtor. Um dos carros, por exemplo, mostrava um tatu representando as dificuldades do homem que vive do campo, como as inundações e a seca.

Com flores, frutas e legumes a Vila Isabel mostrou a renovação da vida e a diversidade. Todas essas questões buscaram retratar a realidade do agricultor e o vice-presidente da Unidade de Proteção de Cultivos da Basf, Maurício Russomano, afirma que eles se sentiram bem representados pela escola.

"Os produtores rurais se sentiram reconhecidos, o que era uma de nossas principais preocupações. Pelo menos o público na Marquês de Sapucaí e as pessoas que acompanharam o desfile pela televisão puderam comprovar a importância do setor agrícola e dos próprios agricultores. Isso já valeu todo o nosso esforço", afirmou Russomano. Ele acompanhou a ideia do tema da Vila Isabel desde o início, inclusive, auxiliando com informações e contatos. “Estamos extremamente satisfeitos com o resultado", disse à Revista Globo Rural.

Quem não pode conferir, ainda terá oportunidade de ver de perto o trabalho da Vila Isabel no desfile das campeãs que acontece no próximo sábado (16), na Marquês de Sapucaí, Rio de Janeiro, ou na festa da escola junto com a Império da Tijuca, que ocorre nessa sexta-feira (15), na Cidade do Samba, Região Portuária do Rio. A celebração será às 18h com entrada gratuita. Com informações da Revista Globo Rural.

Redação CicloVivo

 

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.