Cotia (SP) proíbe canudinhos plásticos

Proposta foi aceita e sancionada pela prefeitura.

Um projeto de lei que obriga estabelecimentos comerciais a não mais fornecerem canudos plásticos foi aprovado pela Câmara Municipal de Cotia, em São Paulo. O PL nº 21/2018 é de autoria do vereador Paulinho Lenha (PSB), que também é presidente da Câmara.

Com dez votos favoráveis, a proposta foi aceita e sancionada pela prefeitura. Segundo o texto, “ficam obrigados os restaurantes, lanchonetes, bares e similares, barracas e vendedores ambulantes do município de Cotia a usarem e fornecerem a seus clientes somente canudos de papel biodegradável e/ou reciclável, individualmente e hermeticamente embalados com material semelhante”.

O descumprimento acarretará multa de multa de 120 UFESP’s (Unidades Fiscais do Estado de São Paulo), que pode dobrar se a pessoa ou empresa for flagrada uma segunda vez desobedecendo a lei.

“Nós temos rios e córregos em Cotia e vemos o mal que o lixo faz aos animais. É um problema que vai aumentando cada vez mais, se não nos conscientizarmos e tomarmos as atitudes necessárias”, afirma o autor do projeto. A proibição passa a valer em 1º de janeiro de 2019.