A elevação das temperaturas do planeta, as alterações climáticas, a poluição e a pesca excessiva são fatores que vêm aumentando o número de águas-vivas nos oceanos e nas praias do mundo todo. A conclusão foi apontada pelo instituto britânico Marine Conservation Society (MCS), que relacionou as temperaturas mais quentes nos oceanos com o aumento da observação de águas-vivas nos ecossistemas marinhos, principalmente no Reino Unido.

De acordo com Peter Richardson, diretor do programa de biodiversidade da MCS, a combinação destes fatores causados pelo homem está totalmente ligada ao aumento da aparição das águas-vivas no planeta. “Há algumas provas de que o número de águas-vivas está aumentando em vários locais do mundo, ainda que alguns cientistas acreditem que este número aumente e diminua a cada 20 anos”, explicou Richardson.

A instituição britânica acredita que as águas-vivas assumam a função de indicadores da qualidade dos oceanos. O problema é que, em maior frequência em alto-mar, estes animais podem atrapalhar a atividade pesqueira; já nas praias, a aparição das medusas coloca em risco a segurança dos banhistas.

Para aprimorar o estudo sobre as águas-vivas que aparecem nas praias britânicas, o instituto criou um programa para incentivar os banhistas a registrarem as observações dos animais nas praias. A ação também deixa claro que é necessário manter a distância das águas-vivas.

Em maio deste ano, uma espécie de medusa australiana foi encontrada por pescadores na praia de Itaguá, em Ubatuba, litoral norte de São Paulo. A aparição da água-viva vinda da Oceania deixou a comunidade científica em alerta – e o animal foi direcionado ao Aquário de Ubatuba, que analisou os hábitos e o desenvolvimento da espécie.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.