- Publicidade -

A Agência Nacional de Águas (ANA) anunciou que pretende implantar um sistema de monitoramento das águas, em todo o país, até 2015. O objetivo é que esse aparelho sirva como referencial para controle do governo sobre o estado dos rios e contribua para a definição das prioridades de políticas públicas. Toda a sociedade poderá ter acesso a essas informações.

Conforme divulgação, devem ser investidos R$ 100 milhões para a idealização desse projeto. A maior parte desse valor será destinada à implantação das redes de monitoramento e o restante deve ser usado para criar medidas que tornem as informações acessíveis a toda a população.

Já existe uma rede que faz um monitoramento desse tipo, porém a abrangência não é total e com as novas medidas será possível controlar os principais rios de todo o Brasil.

- Publicidade -

Junto com a divulgação do projeto, a ANA lançou o “Portal da qualidade das águas”, em que já são divulgadas algumas informações e também uma ferramenta destinada aos governos estaduais, que oferece mapas e diversas outras coisas que facilitam a implantação do sistema. Essa ferramenta pode reduzir o prazo para a conclusão do projeto, podendo assim, ser finalizado antes de 2015.

Assim como aconteceu em 2009, a ANA pretende divulgar em breve um relatório que mostra a situação atual dos cem rios em estado mais crítico do Brasil.

Informações: Correio Brasiliense

- Publicidade -