As obras de construção de duas estações elevatórias de esgotos subterrâneos, na praia de Ipanema, no Rio, foram iniciadas na última quinta-feira e devem ser concluídas até agosto deste ano. Segundo o secretário do Ambiente do estado, Carlos Minc, o objetivo é evitar que o esgoto clandestino e as águas residuais sejam despejados no local.

As estações elevatórias fazem parte do Projeto Sena Limpa, que conta com investimentos de R$ 150 milhões. A parceria do governo do Estado com a prefeitura vai despoluir, até 2014, as seis principais praias do Rio. Desde o ano passado, estão em andamento as obras de recuperação ambiental das praias de São Conrado, Leblon, Ipanema, Leme e Urca (na Zona Sul) e da Bica, na Ilha do Governador.
 
A poluição das praias é um problema preocupante que ocorre há muito tempo no Rio de Janeiro. No ano passado, o CicloVivo publicou uma matéria denunciando as péssimas condições a que a praia de São Conrado está exposta. Nesta praia, que tem as melhores ondas para a prática do surfe, os próprios surfistas fazem mobilizações em prol da limpeza das águas.

De acordo com os responsáveis pelo Projeto Sena Limpa, o programa terá uma próxima etapa pré-definida. A segunda parte do projeto vai unir esforços para despoluir Copacabana, Barra da Tijuca e a Ilha de Paquetá, cujas praias recebem grande parte dos resíduos produzidos na Baía de Guanabara.

Beto Coura, da Agência Brasil

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.