O Ministério do Meio Ambiente anunciou na última semana um programa para a redução no consumo energético em prédios públicos. De acordo com o informativo oficial, o objetivo da iniciativa é identificar o quanto o investimento em eficiência energética pode contribuir para a redução das emissões de gases de efeito estufa gerados pelo setor governamental.  

Em um primeiro momento, o ministério está recebendo inscrições de instituições públicas interessadas em participar do programa. As organizações devem enviar um formulário com todas as informações sobre os gastos energéticos de seus edifícios. A expectativa do MMA é de que 300 prédios sejam cadastrados.

Na primeira etapa serão selecionados 20 prédios para passarem por auditoria detalhada. As construções devem ter baixo desempenho energético, mas as instituições precisam se comprometer em implantar medidas de conservação de energia.

Os locais selecionados receberão medidores trifásicos de sinal remoto para emitir informações precisas de consumo energético. Além disso, haverá capacitação em gestão e uso dos aparelhos para os técnicos que atuam nos prédios.

O objetivo da ação é contribuir com a economia de até quatro milhões de MWh de eletricidade nos próximos 20 anos, além de reduzir as emissões de gases de efeito estufa em até dois milhões de toneladas de carbono equivalente (tCO2eq).

Com informações do MMA.

Redação CicloVivo

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.