Por Thiago Tadeu Campos*

Costela de Adão é uma planta pertencente ao gênero Monstera, também conhecida como Monstera deliciosa. É uma planta trepadeira de caule lenhoso e crescimento vertical vigoroso, de origem mexicana. A Costela de Adão é uma planta adaptada a climas tropicais, apresenta folhas grandes de coloração verde escura, entrecortadas que remetem ao desenho de uma costela. Hoje você vai aprender como cultivar esta planta de forma orgânica em vasos ou no jardim.

Uso da Costela de Adão

A Costela de Adão é muito utilizada em jardinagem. Sua folhagem apresenta enorme destaque em projetos paisagísticos, por se espalhar em uma composição compacta por todo o caule da planta. O formato que lembra uma costela, é caracterizado pelo vigoroso pecíolo e as folhas pinadas que separam-se umas das outras, lembram o formato de ossos da caixa torácica. Além disso, seu conjunto final, lembra um coração. A planta Costela de Adão produz um fruto comestível, muito parecido com uma pinha ou Fruta do Conde. No entanto, é preciso ter atenção, pois mesmo os frutos sendo comestíveis, as folhas e o caule secretam um látex tóxico.

Como plantar e cuidar

Esta espécie pode ser produzida sob manejo orgânico, ou seja, cultivada sem o uso de fertilizantes sintéticos ou agroquímicos. O cultivo orgânico preconiza o uso de adubos orgânicos e inseticidas alternativos.

Solo

Por ser uma planta rústica, a Costela de Adão permite que o solo que ela se enraíza, não necessite de cuidados extremos, no entanto, é necessário que seja um solo fértil e rico em matéria orgânica. Para quem for cultivá-la em vasos, é essencial que o solo esteja adubado com composto orgânico, para fornecer nutrientes de maneira adequada para seu crescimento.

Irrigação, luminosidade e temperatura

É uma planta que gosta de ambiente mais úmido, e para isso, deve haver umidade constante, com irrigação regular, mas sem encharcamento.

Quanto à luminosidade, pode ser classificada como uma planta de meia-sombra, portanto, o local adequado é o ambiente de baixa incidência solar. Também pode ser cultivada em locais com baixas temperaturas.

Para manter a Costela de Adão em vaso, recomenda-se fazer o seu tutoramento, incentivando o crescimento estético, na direção que você desejar.

Pragas e doenças

Mesmo sendo considerada uma planta rústica e resistente, caso haja incidência de pragas e doenças, no cultivo orgânico é possível fazer o controle e o manejo alternativo, através de caldas e extratos vegetais.

Faça seu jardim

Agora que você aprendeu como plantá-la, basta construir seu jardim e cultivar flores e plantas no sistema orgânico.

*Thiago Tadeu Campos é Especialista em Agricultura Orgânica e colunista do CicloVivo, clique aqui para ver todos os seus artigos.