escolas Jundiaí pancs
Foto: Prefeitura de Jundiaí
- Publicidade -

Desde 2019, Jundiaí, município de São Paulo, começou a incluir Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs) na alimentação das crianças das escolas municipais. É o programa Inova na Horta, que promete levar horta com Pancs para 100% das instituições de ensino até 2022.

No Vale Verde, a horta orgânica municipal que abastece as escolas da cidade, oferece hortaliças e Pancs que vão para as escolas para serem os protagonistas dos pratos das crianças.“O Vale Verde é reconhecido nacionalmente por sua qualidade e trabalho educacional. Agora vamos levar as plantas não convencionais para todas as escolas municipais. A alimentação saudável é política pública em Jundiaí. Inserir as crianças desde o cultivo é ação para melhorar o comportamento alimentar dos alunos”, afirma o prefeito Luiz Fernando Machado. 

O projeto Horta Escolar leva as plantações para as unidades escolares e o projeto Inova na Horta leva a produção de Panc e aromáticas para o plantio nas unidades. “Com isso, ampliamos o conhecimento das crianças sobre as ciências naturais, plantas não convencionais, meio ambiente e a introdução da importância da alimentação saudável, melhorando o comportamento alimentar e o bem viver das crianças”, conta a gestora de Educação, Vastí Ferrari Marques. 

- Publicidade -

As Pancs enriquecem a alimentação escolar. Para a escolha das espécies foi levado em consideração a composição das plantas. As plantas não convencionais são inseridas em sucos, bolos e saladas. A proposta do “Inova na Horta” é perpetuar a horta das escolas. 

“Trabalhamos com hortaliças de ciclo mais longo, plantas fáceis de multiplicar para oferecer autonomia às escolas e até jardins sensoriais, principalmente para as crianças da Educação Infantil I”, explica a diretora do Departamento de Alimentação e Nutrição, Maria Angela Delgado.

Panc nas escolas

As Pancs já estão na alimentação escolar de 60 escolas em Jundiaí. O Vale Verde tem a produção em escala de mais de 50 espécies alimentícias não convencionais. Certificado pela Organização Internacional de Agropecuária (OIA), são 15 mil metros quadrados de área cultivada, que conta com a parceria do Instituto Kairós para a condução da horta, treinamento da equipe técnica, educadores e dos alunos.  

“As Pancs selecionadas são as que apresentam maiores quantidades de nutrientes do que as hortaliças convencionais. São ricas em elementos fundamentais para o desenvolvimento infantil. Isso acontece porque essas plantas selecionadas têm maior capacidade de absorção de nutrientes do solo, além de serem mais resistentes e produtivas como a ora-pro-nobis, nirá chaya e vinagreira, muitas delas tradicionais em diversas regiões do país. Por serem mais rústicas, se desenvolvem também com mais facilidade nas hortas escolares, assim, a horta fica bonita com menos trabalho”, detalha o coordenador técnico do Vale Verde, Guilherme Reis.

- Publicidade -