A reciclagem de isopor ainda é um grande desafio, por isso, recomenda-se evitar o uso desse material. Infelizmente, nem sempre é possível, principalmente, ao comprar frios nos supermercados. Para quem já acumula alguns desses recipientes, a dica é utilizá-los para fazer quadrinhos decorativos.

Materiais necessários:

– Bandejas de isopor

– Estilete

– Folhas de jornal

– Tesoura

– Desenhos de sua preferência

Como fazer:

O primeiro passo é separar as bandejas de isopor, em tamanhos diferentes, e folhas de jornal. Utilize um estilete bem afiado para cortar a borda alta da bandeja, só será usada a parte plana.

Em seguida, corte o jornal em tiras de tamanhos variados e fixe-as sobre a bandeja utilizando cola para isopor. As tiras devem cobrir toda a superfície, inclusive, com excesso de jornal sobrando dos lados. Espere secar completamente.

Somente quando o material estiver bem seco você poderá recortar as sobras de jornal das bordas, neste caso é mais fácil usar uma tesoura. A partir dessa etapa o material estará pronto para ser moldado de acordo com o ambiente da casa que você escolheu.

Caso opte por enfeitar a cozinha, por exemplo, poderá usar as imagens mostradas na galeria de imagem: silhuetas de utensílios domésticos e comidas. Procure os desenhos no Google, imprima-os e utilize uma folha de papel carbono para transferir a imagem para a superfície da bandeja.

Com o contorno do desenho na bandeja preencha a imagem usando tinta para artesanato. Tente combinar a cor pintada com o local em que a peça ficará exposta. Espere secar.

Para dar mais resistência, aplique verniz fosco a base de água ou passe uma camada de cola no desenho. Agora, basta usar  tiras de fita dupla face para fixar as peças nos azulejos. A dica é da Vila do Artesão.

Redação CicloVivo

 

 

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.