Micro usina hidrelétrica será instalada em parque de Curitiba

A economia na fatura de energia elétrica da Prefeitura pode chegar a R$ 132 mil por ano.

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, recebeu a doação de um sistema de geração de energia hidrelétrica a ser instalado no Parque Barigui. A turbina (também chamada de Rosca de Archimedes), a estrutura e a construção da pequena usina foram doados pela Associação Brasileira de Pequenas Centrais Hidrelétricas (ABRAPCH).

A micro usina, que atende em 100% as normas da Aneel, foi desenvolvida por dois curitibanos, inclusive, que o CicloVivo já havia contado a história aqui. A dupla é fundadora da startup Metha, responsável pelo aprimoramento do protótipo.

Usina no Parque

Ilustração do projeto. Imagem: Divulgação
Ilustração do projeto. Imagem: Divulgação

No parque, o sistema vai aproveitar a vazão do vertedouro do lago da unidade de conservação e será capaz de gerar cerca de 21.600 Kwh/mês, o que equivale à metade da energia consumida no parque e ao consumo de 135 residências médias.

A produção da micro usina será injetada na rede da Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel), gerando créditos de energia a serem compensados ao município. A economia na fatura de energia elétrica da Prefeitura pode chegar a R$ 132 mil por ano. As obras de implantação começam ainda neste ano e têm previsão de entrega para março de 2019.

As informações são da Prefeitura de Curitiba