- Publicidade -
água potável máquina
Foto: Kumulus Water

Com a convicção de que o acesso à água potável não deve ser um luxo e sim um direito de todos, uma startup na Tunísia desenvolveu um produto capaz de captar água presente no ar e fazer com que ela seja segura para o consumo humano. O equipamento, que ganhou o nome de Kumulus, é capaz de ‘produzir de 20 a 30 litros de água potável por dia’.

- Publicidade -

“A tecnologia Kumulus é uma reprodução do efeito de orvalho e condensação da água do ar”, disse Iheb Triki, CEO da startup. “O ar úmido é aspirado para dentro da máquina e passa por um filtro de partículas, em seguida, passa por um processo de resfriamento que faz com que gotículas de água cheguem ao coletor”.

máquina água potável kulumus
Foto: Kulumus Water

“O ar seco agora é empurrado para fora da máquina, enquanto a água coletada é filtrada várias vezes para garantir a ausência de partículas ou bactérias e, em seguida, é mineralizada e armazenada no reservatório de água, pronta para ser servida sob demanda”, explica Iheb.

Outra vantagem importante das máquinas da Kumulus é que elas foram projetadas para serem totalmente autônomas, funcionando sem qualquer fornecimento externo de eletricidade ou fonte de água adicional.

água potável máquina kumulus
Foto: Kumulus Water

Dessa forma, uma máquina pode funcionar em qualquer lugar, garantindo o acesso à água potável mesmo em regiões afastadas de centro urbanos, onde muitas vezes o acesso à água potável é ainda mais complicado.

- Publicidade -

Cerca de 1,1 bilhão de pessoas não têm acesso à água e 2,7 bilhões sofrem escassez de água pelo menos um mês por ano. Quase um terço das escolas em todo o mundo são privadas de água potável, enquanto 500 mil crianças menores de 5 anos morrem anualmente devido à má qualidade da água.

água potável máquina kumulus
Foto: Kumulus Water

A água potável é uma das maiores ameaças que a humanidade enfrenta e diz-se que 600 milhões de crianças viverão em áreas de recursos hídricos extremamente limitados até 2040.

Hoje, a empresa fornece os dispositivos para escolas e vilarejos que carecem de água potável. No futuro, com a produção em grande escala, vai ser possível oferecer a solução para fábricas, escritórios e hotéis em uma tentativa de reduzir o uso de água engarrafada de plástico.

- Publicidade -
água potável máquina kumulus
Foto: Kumulus Water

Atualmente a startup oferece uma opção de produto para a comercialização. O Kumulus-1 é um Gerador de Água Atmosférica (AWG) que produz de 20 a 30 litros de água potável por dia. É uma máquina totalmente autônoma, fácil de transportar e simples de configurar e manter. O ar entra na máquina e passa pelo primeiro filtro de ar para limpar os poluentes. Então, ao resfriar o ar, a água nele condensa em superfícies dentro da máquina de onde pode ser coletada em um tanque de água.

O formato arredondado foi desenhado pelo designer de interiores e produto Zouhair Ben Jannet e o equipamento ocupa uma área de cerca de 1m³. Para funcionar, é possível equipar o Kumulus-1 com painel de energia solar, tornando-o totalmente independente.

água potável máquina kumulus
Foto: Kumulus Water

Firmes no propósito de garantir o acesso à água potável para todos, a equipe afirma que vai seguir trabalhando para aperfeiçoar a solução já existente e desenvolver novos produtos que façam valer este direito universal.

Veja neste vídeo como a máquina Kumulus funciona.

água potável máquina kumulus
Foto: Kumulus Water