- Publicidade -

Inspirada na metamorfose da borboleta, a designer Sherly Gunawan, formada em Design de Produto da Faculdade de Artes LaSalle, em Singapura, desenvolveu um purificador de ar inovador que purifica o ambiente através da utilização de vegetação natural. 

Considerando o fato de que o ar interior pode ser mais poluído que o exterior, o GreenAir é um aparelho destinado aos ambientes internos, ecológico, que usa plantas vivas para criar ar fresco. Pesquisas têm demonstrado que certas plantas são purificadores de ar natural altamente eficazes. 

As plantas absorvem os contaminantes do ar através das folhas e raízes e esses poluentes servirão de nutrientes para as plantas. A combinação das raízes e o carvão ativado tem demonstrado a capacidade de remover uma grande quantidade de poluentes do ar de ambientes internos. 

- Publicidade -

O projeto conceito tem um ventilador interno que puxa o ar de fora para a área de raiz, utilizando o painel solar como fonte de energia. Assim, maior quantidade de contaminantes pode ser purificados em um tempo menor. Ele também tem sistema de irrigação próprio, utilizando fio de nylon como extensão da raiz. Assim, as plantas podem absorver a água de acordo com as necessidades. 

O “vaso” é feito de materiais biodegradáveis e​, quando a planta cresce, ela pode ser transferida diretamente para o solo e a decomposição deste material servirá de nutrientes para a planta.

Redação CicloVivo

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter

- Publicidade -