- Publicidade -

Na última segunda-feira (9), a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco (SEMAS) firmou parceria com a CPFL Energia para testar o primeiro carro 100% elétrico no estado.

O projeto está inserido no plano Estadual, que tem como intuito criar um pólo de novas tecnologias sustentáveis. O veículo funciona por meio da energia elétrica armazenada em uma bateria recarregável, dispensando assim o uso dos combustíveis fósseis.

Incluindo os impostos, inicialmente, o valor do carro será de R$ 80 mil. Este valor poderá ser até 40% menor, caso a produção seja de até 40 mil unidades anuais.  Porém, segundo o vice-presidente de Gestão da CPFL Energia, Paulo Cezar CoelhoTavares, o investimento é compensador. Ele compara os gastos dos carros que utilizam combustíveis fósseis ou biocombustíveis ao modelo elétrico: o carro comum faz 100 km com o custo de R$ 25 com derivados de petróleo, enquanto o modelo elétrico em 100 km gasta apenas R$ 5, equivalente à energia gasta para recarregar a bateria, que está completamente carregada em sete horas, ligada à tomada comum.

- Publicidade -

Ainda em fase de teste, pretende-se utilizar o carro em frotas de empresas. Este é o segundo veículo elétrico do país seguindo o mesmo padrão. O primeiro, também em fase de teste, funciona desde setembro de 2010, pela empresa Correios e Telégrafos de Campinas, em São Paulo. O veículo elétrico usado na cidade paulista é do modelo ARIS, e atinge a velocidade máxima de 80 km por hora. No nordeste os testes ocorrerão entre os meses de junho e novembro de 2011.

Tavares, da CPFL, e o secretário do Meio Ambiente, Sérgio Xavier, assinaram o acordo em uma cerimônia no Auditório do Espaço Ciência. Este pode ser o pontapé inicial para que futuramente veículos elétricos sejam fabricados no estado pernambucano. Com informações do Uol.

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter

- Publicidade -