- Publicidade -

Criado por franceses, o Voltmaker é um carregador híbrido, capaz de utilizar o movimento das mãos para fornecer eletricidade para celulares, câmeras e outros gadgets, por meio de um cabo USB. Com formato semelhante a uma bomba de ar, ao ser manuseado, o equipamento produz energia cinética para manter os aparelhos ligados por mais tempo em situações de emergência. Os movimentos produzidos pelo corpo também podem acender uma lanterna de LED, acoplada no dispositivo.

O produto está na fase de pré-venda, e, para garantir a carga completa dos aparelhos eletrônicos no modo cinético, os criadores do Voltmaker estimam que sejam necessárias duas ou três horas de movimentos giratórios com as mãos. Assim, o dispositivo torna-se viável apenas para cargas curtas – o suficiente para ligações de emergência, envios de torpedos ou ações rápidas nas redes sociais, por exemplo.

O Voltmaker, que também carrega os gadgets quando ligado diretamente à rede elétrica, pode assumir a função de um joystick ou de uma bateria reserva, além de interagir com o sistema Android. Além disso, os desenvolvedores da empresa estão criando jogos para o dispositivo – o intuito é fazer com que os usuários se divirtam, enquanto celulares e outros aparelhos eletrônicos são carregados.

- Publicidade -

A empresa também afirmou ao Gizmag que deverá incluir no Voltmaker uma luz estroboscópica, um ventilador e um rádio. Fora isso, os franceses concentram esforços para tornar o carregador mais compacto e aumentar a eficiência do equipamento, substituindo as baterias de íon-lítio por um polímero de lítio equivalente.

Redação CicloVivo

- Publicidade -