- Publicidade -

Um lobo-marinho da espécie Arctocephalus tropicalis foi encontrado na última segunda-feira (15) na Praia de Maresias, em São Sebastião. A equipe do Centro de Reabilitação e Triagem de Animais Aquáticos do Instituto Argonauta foi até o local para prestar atendimento e constatou que o animal está forte, não apresenta ferimentos significativos e que parou na praia apenas para descansar. Na manhã seguinte, o animal foi visto em Ilhabela, também no litoral norte paulista, onde permaneceu em seu período de descanso, conforme análise realizada pelos veterinários e biólogos do Instituto.

“Esta espécie é comum no extremo sul do nosso continente e nas ilhas que margeiam a Antártica e seu aparecimento no litoral paulista se dá por causa das correntes que vêm da Antártica nessa época do ano, como parte de um fenômeno cíclico da natureza”, explica o oceanógrafo e Presidente do Instituto Argonauta, Hugo Gallo.

O animal encontrado é um macho, com cerca de dois anos, mede aproximadamente 1,70 metros e pesa em torno de 90 quilos. A equipe técnica do Instituto realizou a marcação do lobo-marinho com anilha e foram coletados sangue e pelos para pesquisa. Por volta das 16 horas o animal retornou ao mar.

- Publicidade -

A operação contou com o apoio da Polícia Ambiental e da Defesa Civil que isolou o local até a chegada da equipe do Centro de Reabilitação do Instituto Argonauta, mantido através de convênio com a Petrobras e parceria com o Aquário de Ubatuba. “É importante ressaltar que ao encontrar um animal marinho na praia, como um lobo-marinho, por exemplo, não é aconselhável se aproximar, pois o animal pode atacar”, afirma Hugo.

 

- Publicidade -