A empresa norte-americana Alta Devices pretende revolucionar os sistemas móveis de obtenção energética. A companhia garante ser responsável pela criação dos menores carregadores solares já fabricados, indicados, principalmente, para fins militares.

A apresentação feita pela empresa norte-americana mostra que o equipamento tem medidas equivalentes às de uma folha de sulfite e pode ser considerada uma solução eficiente para o futuro. Os carregadores são equipados com células fotovoltaicas de alto rendimento e pesam apenas 112 gramas.

Apesar de ter sido pensado para fins militares, ele pode ser aplicado em sistemas não tripulados, aparelhos eletrônicos, industriais, automóveis e em qualquer lugar que necessite de energia fora da rede. “Cada vez contamos com mais dispositivos e máquinas móveis que sempre precisam de uma fonte de energia que, na maior parte dos casos, provém de baterias ou combustíveis fósseis. Mas, na próxima década, nós esperamos poder contar com sistemas móveis e invisíveis disponíveis a qualquer momento”, explicou Chris Norris, CEO da Alta Devices, em comunicado à imprensa.

A preocupação da empresa em criar alternativas para os soldados deve reduzir consideravelmente o peso da carga carregada por batalhões, já que atualmente 1/3 das bagagens militares é composto por baterias. Com equipamentos mais leves as missões podem maiores e mais ágeis, descartando a necessidade constante de reabastecimento.

Entre os alvos da empresa está a aplicação do sistema em veículos aéreos não tripulados, em aparelhos eletrônicos, indústria automotiva e também para o fornecimento de energia em áreas remotas.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.