Na noite da última quarta-feira (20) os jovens Gregório Palmieri e Carolina Pinheiro foram premiados pelos trabalhos vencedores do concurso “Plante um anúncio em Cannes”. A entrega foi feita pelas mãos do publicitário Toninho Rosa e do jornalista Gilberto Dimenstein.

O intuito do concurso cultural era incentivar jovens talentos da publicidade brasileira a transformarem a sustentabilidade em anúncios criativos, simples e informativos. As duas campanhas vencedoras alcançaram êxito em todos os quesitos propostos.

Palmieri, que é recém-formado pela Universidade Metodista de São Paulo, disse que desde os tempos de faculdade a sustentabilidade já estava presente nas conversas entre os alunos de publicidade. Isso o ajudou a desenvolver a ideia utilizada como base para seu anúncio.

Ainda estudante na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), Carolina apelou para um conceito de evitar o desperdício, que é uma das bases para a sustentabilidade. “A ideia é mostrar que basta saber usar melhor as coisas. Usando melhor, o desperdício é menor”, explicou sobre o seu anúncio em declaração ao site Adnews.

Dimenstein e Toninho Rosa foram os encarregados de entregar aos premiados a bicicleta e o vale com a inscrição de ambos para o Festival Internacional de Criatividade de Cannes. Sobre o evento, Carolina ressalta que o comprometimento dos parceiros envolvidos no concurso – CicloVivo, Adnews e Catraca Livre – “deixou o resultado ainda mais palpável”.

Esta é mais uma oportunidade de reconhecer o talento brasileiro e levar novamente a sustentabilidade ao evento que reúne as melhores campanhas publicitárias do mundo. “Minha expectativa é muito grande quanto ao evento [Cannes], principalmente por conhecer toda a sua história e os profissionais que já participaram”, disse Palmieri. Para Carolina a participação no festival já é um sonho e um bom desempenho seria ainda mais comemorado.

Por Thaís Teisen – Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.