coleta Shopping
- Publicidade -

Francisco Carlos Andrade de Sousa, 47, conhecido como Chico, foi contratado pela Ancar Ivanhoe como Auxiliar de Serviços Gerais em 2015. Três anos depois sua vida e trajetória profissional foram ressignificadas. Em 2018, Chico foi convidado para trabalhar no projeto de sustentabilidade do grupo que estava sendo implementado no Botafogo Praia Shopping, localizado no Rio de Janeiro. O desafio dado a ele na época foi ser responsável pela coleta do lixo orgânico produzido nas áreas de alimentação do centro comercial, transformar em compostagem, sabonetes e velas aromatizadas. Além disso, ele também cuidaria da horta que transformou parte do terraço do shopping em telhado verde.

Desde então, Chico já transformou 40 toneladas de matéria orgânica em adubo para plantas. A partir do óleo descartado pelas operações de alimentação, ele também toca a Fábrica de Vela e Sabão, que já reaproveitou 3 mil litros de óleo que seriam descartados. Não para por aí. Da horta que ele cuida, saem produtos como alface, couve, manjericão, tomilho, arruda, boldo e erva cidreira sem agrotóxico.

“Quando chega a hora da colheita, eu faço questão de passar de loja em loja para distribuir as folhas, temperos e ervas medicinais produzidos na horta entre os lojistas, funcionários e terceirizados do shopping. É uma forma de agradecer a colaboração de todos. E também um momento muito especial, pois nós conseguimos ver que o que eles descartam vira algo novo, pronto para ser consumido”, se emociona Chico.

- Publicidade -

Atualmente, são produzidos cerca de 100 quilos de compostagem por dia. Esse número é maior quando o shopping está a pleno vapor, como era antes da pandemia. Segundo o auxiliar de compostagem, esse volume já atingiu a marca de 200 quilos diários.

“Essa oportunidade que a Ancar me deu mudou a minha vida. Eu não tinha essa cultura de reciclar e cuidar do meio ambiente. Hoje em dia, eu tenho outro olhar. Separo todo o lixo na minha casa, reciclo, cuido das minhas plantas. Passei a ter meus coqueiros e samambaias na minha casa em Nova Iguaçu. Ensino tudo que aprendi para minha filha sobre esse assunto”, conta Chico.

Coleta de recicláveis

coleta Shopping

O Botafogo Praia Shopping conta também com a coleta no 2º piso de materiais como baterias, lixo eletrônico, latinhas e cápsulas de café, que são encaminhados para reciclagem. O centro comercial estima que desde 2018, quando implementou essa iniciativa, já coletou 1 tonelada deste tipo de matéria, que é revendida para empresas especializadas em reciclagem, se transformando em uma fonte de renda extra para o empreendimento.

“A coleta seletiva é uma das formas mais importantes e eficazes de diminuir a poluição que contamina o solo da Terra e polui os mares. Por isso, aqui no Botafogo Praia Shopping a gente vem se preocupando em fazer a nossa parte, mostrando que a sustentabilidade transforma vidas e também é uma aliada dos negócios”, avalia Cecilia Ligiéro, superintendente do Botafogo Praia Shopping.

Tampinhas de plástico ajudam animais

Outro ponto de coleta do Botafogo Praia Shopping fica no 5º piso. Este, no entanto, fica a serviço da Rio Eco Pets. Através da renda gerada pela revenda das tampinhas de plástico arrecadadas, a ONG financia tratamentos veterinários de animais em situação de vulnerabilidade e abandono. De acordo Andreza Castro, diretora da ONG, desde quando foi implementada a coleta no local, foram 2,5 toneladas de plástico recolhidos. A estimativa é que o valor da venda desse material é suficiente para ajudar cerca de 40 cachorros ou gatos.

Para encaminhar seus resíduos

2º Piso – coleta de lixo eletrônico, papelão, capsulas de café, plásticos.

5º Piso – coleta de tampinhas e embalagens de plástico para a Rio Eco Pets.

- Publicidade -