mulheres viagem
Foto: Shot By Cerqueira | Unsplash
- Publicidade -

Viajar é sempre uma experiência de vida. Novas culturas, novas comidas, novos lugares, tudo é novo! Pode ser uma viagem de aventura, turismo ecológico, histórica, de mergulho culinário…  não importa, o fato é que toda viagem nos faz crescer e expande nossos conhecimentos de maneira incrível! Infelizmente, muitas mulheres têm um certo receio de viajar sozinha.

A vulnerabilidade do gênero torna ainda mais evidente a questão da falta de segurança enfrentada por mulheres em determinados locais, assim como a dificuldade de lidar com questões culturais ou imprevistos que podem tornar o que seria uma viagem memorável, em um episódio traumático.

mulheres viagem
Foto: Karsten Winegeart | Unsplash

A partir de sua própria experiência, Jussara Pellicano conseguiu entender que a solução para que mais mulheres ganhassem o mundo poderia vir de uma rede de apoio às mulheres viajantes. Foi assim que nasceu a ideia da fundadora da Sisterwave, startup fundada por ela que oferece uma rede de apoio para mulheres que viajam sozinhas.

- Publicidade -

Para viabilizar o projeto, Jussara entendeu que apenas com tecnologia poderia encontrar a solução ideal e foi vencendo o evento de inovação “Startup Weekend Women” em novembro de 2017 que ela conseguiu tirar a ideia da cabeça e transformar em um projeto viável.

A startup brasileiríssima, criada para viabilizar as viagens unindo uma mulher anfitriã à outra que deseja viajar, visa “dar mais segurança, acolhimento e conexão local para a viajante” diz Jussara.

mulher viajar sozinha
Foto: Pixabay

Rede de apoio

A ideia simples, faz toda a diferença em termos de segurança e suporte que a viajante precisa para cair na estrada sem se sentir vulnerável. Mas a rede vai além do apoio momentâneo. Cria-se uma ligação e um sentimento de sororidade, irmandade, empatia e solidariedade feminina entre os membros.

Jussara diz que viajar sozinha foi uma das “coisas na vida que mais me transforaram no sentido de ter mais coragem, empoderamento e atitude”. Ela fez sua primeira viagem internacional para o Butão, conhecido como “reino da felicidade” e embora encantada com a experiência, sentiu algumas dificuldades quanto a cultura e idioma local.

No Brasil a Sisterwave possui mais de 22 mil “Sisters” cadastradas em mais de mil cidades. As futuras viajantes têm acesso aos locais de estadias, com todas as informações que precisam para iniciar a viagem.  

Mas a plataforma não se resume apenas a garantir hospedagem. É uma verdadeira troca de experiências, inclusive com fóruns de conversas sobre os locais onde se pretende viajar, o que se deve fazer na cidade, locais a evitar, dicas de transporte e gastronomia e muito mais.

A Sisterwave acumula diversos prêmios nacionais e internacionais como o prêmio máximo da “Competição de Startups”, concedido pela Organização Mundial de Turismo e o “Desafio Turistech”, prêmio concedido pela parceria do Ministério do Turismo e o Wakalua Innovation Hub.

mulher viajar sozinha
Jussara Pellicano, fundadora da Sisterwave. Foto: Divulgação

Ganhando o mundo

E por falar em premiação, atualmente Jussara está vivendo em Madri por ter sido selecionada na aceleração de startups do centro de inovação “La Nave”, pertencente ao governo local e promove o lançamento internacional da Sisterwave no espaço “Madrid International LAB”, também pertencente a prefeitura de Madri.

Com lançamento internacional, “Sisters” e todo o mundo, falantes dos idiomas, português, espanhol ou inglês podem se cadastrar e participar da rede.

A ideia é estar presente num dos locais que mais recebe turistas no mundo, que é a Europa e assim expandir o alcance para que cada vez mais mulheres possam se sentir seguras para viajarem sozinhas.

Você pode participar da Sisterwave como anfitriã ou viajante. Como viajante pode optar por ter uma assinatura ou pagar apenas quando viaja. Já as anfitriãs podem ganhar um dinheiro extra recebendo “Sisters” de outros locais, além claro, da troca cultural que a visitante proporciona.

Para instalar o aplicativo, com a nova plataforma Sisterwave, clique AQUI.

Para mais informações, acesse www.sisterwave.com.

mulher viajar sozinha
Foto: Eric Ward | Unsplash

LEIA MAIS:

- Publicidade -