KitKat de chá verde, KitKat de banana e até KitKat feito de cacau cultivado em uma ilha vulcânica. Há diversos sabores diferentes que podem ser encontrados nas barras de chocolate na versão japonesa. Mas, por mais inusitado que possa parecer, é muito comum adaptar produtos ao gostos locais de cada país. Agora o que talvez surpreenda mesmo é nova embalagem produzida pela marca no Japão: os invólucros podem virar divertidas “criaturas” de papel.

Isso porque ao invés do plástico, a empresa implementou embalagens de papel. A ideia do origami é apenas uma sugestão para os consumidores onde é secular a arte de criar seres e objetos fazendo dobras no papel.

Apesar da mudança ser apenas para grandes pacotes de KitKat, estima-se que a economia seja de 380 toneladas de plástico a cada ano. A previsão é que só a partir de 2021 os KitKats individuais ganharão embalagens de papel. Inicialmente, os produtos serão vendidos com os sabores mais populares, o que inclui o sabor tradicional, o de chá verde e o “otona no amasa” – versão levemente amarga.

A solução local combinou perfeitamente à uma iniciativa global da Nestlé, responsável pela fabricação da marca de chocolate, que anunciou em janeiro o compromisso de desenvolver embalagens 100% recicláveis ou reutilizáveis ​​para seus produtos. A intenção deve ser implementada até 2025 pela empresa transnacional.

Fotos: Nestlé Japão | Divulgação

Em casa, mesmo sem o KitKat na mão você pode começar a aproveitar os papéis que encontra em casa para fazer os graciosos origamis. Confira: Origamis são opções baratas e sustentáveis para decoração.